Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Zomato MeetUp // Ōkah x Nescafé

Desde o início da actividade em Portugal que a Zomato organiza meetups entre utilizadores da plataforma, pessoas que partilham o gosto pela comida e por conhecer novos restaurantes. Já tive a sorte de ser convidada para alguns desses encontros, principalmente desde que me tornei subscritora Zomato Gold (os aderentes deste programa têm acesso a eventos exclusivos).

 

nescafe-okah-zomato.jpg

 

Comecei a semana num destes eventos e não podia deixar de partilhar a experiência convosco. A Zomato associou-se a um restaurante e a uma marca de cafés para trazer um conceito diferente e muito engraçado. O objectivo era mostrar a nova colecção da Nescafé, que tem cafés de várias partes do mundo, mas em vez de promover uma degustação exclusivamente de cafés, chamaram o Chef do Ōkah para adaptar alguns pratos do menu, adicionando-lhes café.

 

Mas não pensem que foi só adicionar uma caneca de café a cada prato e pronto, feito. Nada disso. Fomos recebidos com um Cocktail Nescafé Tonic (gin tónico com café expresso e maracujá). A mistura parece estranha e, se como eu, não são grandes fãs de gin, o instinto pode ser torcer o nariz, mas depois do primeiro gole percebemos que os sabores estão todos no sítio certo.

 

A envolvência deste novo restaurante de Lisboa, que andava louca para conhecer, é mesmo muito interessante. Situado no Cais da Rocha Conde de Óbidos, num edifício remodelado, o Ōkah ocupa o rooftop e é todo construído com contentores, que tão bem caracterizam a zona. Fiquei com vontade de regressar ao almoço, para aproveitar a as grandes janelas e fotografar o espaço com mais luz.

 

Entretanto chegou-nos um Satay de fraldinha em molho de amendoim e cebolinho. Estas espetadas de carne de vaca são típicas da Indonésia e do Vietname, remontando ao café vietnamita plantado em baixo relevo. Foi o meu prato preferido da noite - vá lá, tudo o que tenha manteiga de amendoim tem meio caminho andado para me conquistar.

 

nescafe-okah-zomato-1.jpg

 

Também gostei bastante da Dourada grelhada com caldo de Dashi, molho tamarindo e ar de café. Confesso que foi neste prato que mais senti a influência do café, um sabor mais torrado que, segundo percebemos, é mais típico do café arábica da América do Sul. Antes da sobremesa pudemos ainda provar uma Presa de porco preto marinada com Kimchi, acompanhada com legumes grelhados. Foi um prato mais forte, mas não menos harmonioso, com o molho de base de café a ligar tudo muito bem.

 

nescafe-okah-zomato-2.jpg

nescafe-okah-zomato-3.jpg

 

Para finalizar este menu pensado para incluir café ou referências a café em todos os pratos, trouxeram-nos umas Trufas de chocolate com sorvete de maçã verde que, por serem panadas com wasabi, remetiam para o sabor do café. Bem sei que pode parecer outra misturada estranha, mas estava bastante bom.

 

nescafe-okah-zomato-4.jpg

 

Não podíamos sair do evento sem provar café no seu estado mais puro e nobre, por isso ainda tivemos direito a uma degustação de cafés preparados com as mais diversas técnicas, desde o típico expresso ao café de balão, passando pelo chefes. Este jantar trouxe-me uma das coisas que mais gosto na comida: a possibilidade de ligar sabores e ideias que aparentemente não fazem sentido nenhum, numa coisa coerente e deliciosa.

 

Infelizmente, este menu foi criado especificamente para este evento, mas até dia 29 de Janeiro podem ir ao Ōkah e experimentar cocktails especiais feitos com café e café feito em balão - se forem amantes de café valerá certamente a pena. Eu vou regressar certamente ao Ōkah para provar a carta habitual, de preferência durante o dia para conseguir captar melhor a essência dos pratos em fotografia.

4 comentários

Comentar post