Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Seg | 22.07.19

Uma Dúzia de Livros // Agosto: um livro escrito na primeira pessoa

É só de mim ou os livros escritos na primeira pessoa têm a capacidade de nos fazer criar ligações muito mais fortes com as personagens que nos contam as suas histórias? Mesmo que não estejamos a falar de autobiografias, é uma forma de termos acesso à bagagem emocional do narrador. Ao mesmo tempo, acabamos por ficar tendencialmente do lado dessa personagem em momentos de conflito - mesmo que faça coisas más ou reprováveis.

 

radu-marcusu-mbKApJz6RSU-unsplash.jpg

 

Por isso, em Agosto - o mês de Verão em que supostamente temos mais tempo para ler - proponho lermos livros escritos na primeira pessoa. Como sempre, têm total liberdade para escolher o livro que quiserem dentro deste tema. Desde autobiografias a ficção, passando por outros tipos de não-ficção, a única coisa que interessa é que seja uma história contada na primeira pessoa.

 

Inicialmente tinha pensado em ler o Gather Together in My Name da Maya Angelou, para continuar a história iniciada em I Know Why the Caged Bird Sings, mas depois o Raparigas Como Nós da Helena Magalhães veio cá ter a casa de uma forma muito feliz e acho que vai passar à frente. Depois, quando vos falar do livro, conto-vos como é que ele chegou às minhas mãos.

 

E desse lado, já têm escolhas de livros? Quero saber tudo!

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Rita da Nova

    23.07.19

    É maravilhoso. Pelo menos eu adorei ❤️
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.