Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Qui | 26.10.17

Tudo aquilo que não sou

OQUENAOSOU-POST.png

 

Saiu, no outro dia, a entrevista que dei ao site Viver Mais e Melhor. Depois de ver o resultado final (podem lê-lo também aqui), fiquei a pensar sobre tudo aquilo que não sou. Desde cedo que aprendi a definir-me também pela negativa: não apenas através daquilo de que gosto, mas daquilo que não gosto; não apenas do que quero, mas sobretudo do que não quero.

 

Acredito que não há mal nenhum em não sabemos bem o que queremos. Quando assim é, as possibilidades são infinitas e estão sempre abertas à nossa frente, como estradas à espera de serem desenhadas. O caso muda de figura quando não definimos bem aquilo que não queremos, porque - pelo menos para mim - isso é parte essencial da minha identidade.

 

Sobretudo neste mundo dos blogs, percebi que não sou tudo aquilo que é suposto resultar ou que é vendável. Nunca quis influenciar pessoas, nunca quis ser conhecida e até o simples facto de ir a eventos é contra a minha personalidade. Ligo zero a maquilhagens, roupas e acessórios. Não sei distinguir a Moda Lisboa do Portugal Fashion e, se alguma vez me virem num desses sítios, é porque me esqueci dos óculos e não sei onde estou. Tenho pouca paciência para fretes e para egos e, na maioria das vezes, não consigo disfarçar o desconforto.

 

Mas também sei que sou isto: sou as palavras que escrevo e as histórias que gosto de partilhar. Sou uma vontade genuína de conversar convosco, de ler e responder aos vossos comentários, de trocar ideias e sugestões. E enquanto assim for, quero lá saber do resto.

 

quote.jpg

(via Pinterest)

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Rita da Nova

    26.10.17

    Acho que há mais pessoas como nós do que julgamos, o problema é que há tanta pressão para sermos como as outras (que são vendáveis, que têm alcance, etc etc) que acabamos por nos apagar um bocadinho.
    Obrigada eu por saber que não sou a única 😊
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.