Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Qui | 07.10.21

The Literary Man, Óbidos

Como reagiriam se vos dissesse que podiam dormir num hotel onde há mais de setenta mil livros? E que esse hotel está a menos de uma hora de Lisboa? Parece inventado, mas é bem real: chama-se The Literary Man e fica em Óbidos. Há imenso tempo que estava na calha para um fim-de-semana prolongado – inclusivamente chegou a estar marcado para a Páscoa de 2020 –, mas só agora conseguimos finalmente conhecê-lo. 

 

the-literary-man-cover.jpg

 

Começo por dizer que este sítio era tudo o que eu precisava para ter uns dias de absoluto descanso – assim uma espécie de “férias de velhinho”, como gosto de dizer, e que sabem incrivelmente bem quando a rotina e o trabalho estão ao rubro. Escolhemos a Suite Deluxe com acesso a um pátio partilhado. O hotel ocupa o espaço de um antigo convento, bem como uma parte mais recente, pelo que a decoração obedece a épocas diferentes (mas de forma a que tudo faça sentido). E sim, como podem calcular, há livros por todo o lado. Nos quartos, nos corredores, no restaurante, na entrada, na recepção, na cozinha. 

 

the-literary-man-quarto.jpg

 

Por falar nos espaços do The Literary Man, saibam que o pequeno-almoço buffet está incluído no preço e tudo é bastante caseirinho. Há ovos mexidos, bolos, pães, croissants, frutas diversas e um sumo de laranja natural perfeito. O restaurante do hotel, Book & Cook, partilha o espaço com The Literary Gin Bar – além de serem locais onde podemos fazer uma refeição ou beber um copo, grande parte dos livros que decoram as paredes estão para venda, por isso acaba por funcionar também como uma livraria em segunda mão. 

 

the-literary-man-bar.jpg

 

Numa das noites jantámos precisamente no Book & Cook e gostámos bastante da comida, mas na outra noite decidimos ir ao restaurante do hotel Rio do Prado (que faz parte do mesmo grupo) e gostámos ainda mais da comida. Fica no Arelho, a dez minutos de carro, pelo que vale a pena uma visita. Nós ficámos também com vontade de o experimentar enquanto hotel, pode ser que seja o alojamento escolhido na nossa próxima escapada. 

 

Conheciam o The Literary Man ou já lá ficaram a dormir? O que acharam? Ainda este mês regressamos a Óbidos para passar uma tarde pelo Fólio, um festival de literatura que enche a vila de livros. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.