Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

28.01.21

Big Magic, Elizabeth Gilbert

Rita da Nova
O Big Magic, de Elizabeth Gilbert, é um daqueles livros que me acompanha há imenso tempo – e que, inclusivamente, já recomendei a imensa gente –, mas que nunca tinha lido na íntegra. Comprei-o quando dava Workshops de Escrita Criativa porque sabia que a abordagem que a autora de Eat, Pray, Love tem à criatividade é bastante semelhante à minha em alguns pontos.      É um livro de não-ficção, sim, mas a autora povoa-o com experiências pessoais, o que lhe dá um toque de (...)
26.01.21

We Were Liars, E. Lockhart

Rita da Nova
O TikTok anda a ter muito tempo de antena na minha vida, mas foi também graças a esta rede social que descobri o We Were Liars, de E. Lockhart. Todos os vídeos que vi diziam que era impossível ler este livro sem ficar em modo destruição total no fim, pelo que pensei: “ora aqui está uma premissa que é a minha cara”.      A narrativa leva-nos ao seio da família Sinclair, uma família tão rica que tem a sua própria ilha privada, onde um pai constrói uma casa para cada uma (...)
21.01.21

The Vanishing Half, Brit Bennett

Rita da Nova
The Vanishing Half, de Brit Bennett, esteve nas bocas do mundo no ano passado pelas melhores razões. Li muito boas reviews ao livro e aproveitei um belo desconto na Kobo Store para o comprar (custou-me 3€). Sim, é mais um livro sobre desigualdades raciais, mas é muito mais do que isso – é um livro sobre como tudo isso afecta relações familiares que, já de si, são complexas.      As gémeas Vignes nasceram no final dos anos 30 em Mallard, uma terrinha no Louisiana que juntou (...)
15.01.21

The Friend, Sigrid Nunez

Rita da Nova
Sigrid Nunez já me tinha passado pelo Instagram, TikTok e Goodreads, mas nunca tinha prestado muita atenção. No outro dia enquanto andava a ver os descontos no Kobo e em busca de algo leve para ler, dei com The Friend, da autora, com uma premissa muito engraçada – depois do suicídio do seu melhor amigo, a protagonista vê-se meio forçada a ficar com o cão dele.      Se ao início o cão, um Grand Danois, é apenas uma fonte de problemas (pelo tamanho e por não serem (...)