Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

11.11.19

Os livros da Rita // The Color Purple, Alice Walker

Rita da Nova
O The Color Purple da Alice Walker esteve na minha lista de livros a ler durante imensos anos, bem como o filme (que ficou pendente porque queria ter a experiência de leitura primeiro). Comprei-o na Strand Book Store na nossa maravilhosa ida a Nova Iorque, mas só agora decidi lê-lo a propósito do tema de Novembro d’Uma Dúzia de Livros - um livro colorido.     Quem conhece a história saberá que não é a coisa mais colorida do mundo, mas o título remete-nos para tal e eu achei (...)
06.11.19

Os livros da Rita // How to live like your cat, Stéphane Garnier

Rita da Nova
Durante a nossa passagem pela Daunt Books, no último fim-de-semana em que estivemos em Londres, o Guilherme encontrou um pequeno livro com o título How to live like your cat. É claro que quis imediatamente trazê-lo comigo e acabei por lê-lo no voo de regresso, nesse mesmo dia.     É um livro muito engraçado para quem é fã de gatos e contacta com eles diariamente, uma vez que compara muitos dos seus hábitos aos dos seres humanos. No fundo, tenta mostrar-nos que temos muito a (...)
22.10.19

Os livros da Rita // The White Tiger, Aravind Adiga

Rita da Nova
The White Tiger não foi o primeiro livro que li do autor Aravind Adiga. Há uns sete anos li O Último Homem na Torre e lembro-me de ter gostado muito da premissa e da forma como a história se desenrola. No ano passado, a minha Rititi trouxe-me o The White Tiger do seu país de origem, a Índia, e percebi que tinha sido a novela de estreia do escritor. Guardei-o para ler em Outubro, uma vez que o tema d’Uma Dúzia de Livros era “um livro com animais”.     Sendo que, neste caso, (...)
30.09.19

Os livros da Rita // 4 3 2 1, Paul Auster

Rita da Nova
4 3 2 1, de Paul Auster, é na realidade quatro livros em apenas um. O ponto de partida é comum: a história de vida de Archibald Isaac Ferguson. A partir daí, o autor criou quatro possibilidades de percursos para esta personagem.       Ao início é uma confusão tão grande quanto parece, sim. Porque, ao contrário do que eu estava à espera, os capítulos não seguem cada história até ao fim. Ou seja: começa com o primeiro capítulo da primeira storyline, o primeiro capítulo (...)