Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

01.02.24

Música para o mês // Fevereiro

Rita da Nova
Querem ver que 2024 foi o ano em que a maldição de Janeiro terminou? Não sei quanto a vocês, mas não senti que este mês fosse enorme ou que estivesse a passar a velocidade de caracol. Sim, é extenso. E, sim, exige que paremos um pouco depois da loucura da época festiva, mas posso garantir que não me custou tanto a passar como costuma.     Pode ser porque efetivamente consegui cumprir o meu desejo de abrandar e descansar. Passei muito tempo por casa: a pôr séries e filmes em (...)
02.01.24

Música para o mês // Janeiro

Rita da Nova
Feliz 2024! ✨🥂 Espero que tenham passado o ano da forma que for mais confortável para vocês — com ou sem festa, com ou sem pessoas — e que este novo ano vos traga paz, calma e capacidade para fazer tudo o que querem. Deste lado avizinha-se um início de ano muito tranquilo, com uma espécie de período de férias há muito planeado.     Não são férias para ir a algum lado, não são férias para fazer uma remodelação em casa, não são férias para acumular energia para (...)
01.12.23

Música para o mês // Dezembro

Rita da Nova
Ora bem, chegamos ao último mês daquele que foi um dos anos mais marcantes da minha vida. 2023 foi mesmo uma montanha-russa de emoções, quase todas muito positivas, mas haverá tempo para reunir tudo isso em vários posts aqui pelo blog. Já sabem: as sextas-feiras de Dezembro estão reservadas para um conjunto de posts que assinalam as melhores coisas do ano.     Por enquanto, queria usar algumas palavrinhas para dizer que Novembro passou demasiado depressa — estes últimos meses (...)
02.11.23

Música para o mês // Novembro

Rita da Nova
O que é que se passa com os meses finais do ano, que parecem passar sempre a correr? Juro que ainda ontem voltei de Turim, fechei os olhos durante breves instantes e já estamos em Novembro. Um dia hei-de tentar escrever sobre esta nossa perceção de passagem do tempo, sobre encolhe e estica — aparentemente de forma aleatória, mas por norma no sentido contrário àquele que dá jeito.     Outubro foi um mês bastante interessante no que diz respeito escrita e a este mundo dos (...)