Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

06.08.19

Os livros da Rita // Normal People, Sally Rooney

Rita da Nova
O Normal People, da Sally Rooney, é possivelmente o livro que mais vi ultimamente pelo Instagram, blogs e mundos da internet no geral. E eu nem costumo ir em modas literárias (veja-se o facto de eu só estar a ler Harry Potter agora), mas algumas pessoas cujo gosto eu respeito e partilho recomendaram, então decidi dar-lhe uma hipótese.     Como já vos mostrei por aqui, comprei-o na minha tarde de passeio pelas livrarias de Londres e acabei por ler quase metade no voo de regresso - (...)
02.08.19

Londres // Rota das Livrarias

Rita da Nova
O fim-de-semana passado teve direito a três dias e a ser desfrutado em Londres - apesar de na quinta-feira terem estado 36ºC e na sexta, aquando da nossa chegada, já estar o tempo típico da cidade novamente. De qualquer forma, com muito calor ou com chuva, o nosso plano era aproveitar a tarde de sexta-feira para conhecer algumas livrarias mais conhecidas de Londres.     Já tinha partilhado o plano convosco e, na altura, tinha-vos dito que era ambicioso para uma tarde. E foi mesmo: (...)
30.07.19

Os livros da Rita // Wild Swans, Jung Chang

Rita da Nova
Demorei muito tempo a ter coragem para pegar no Wild Swans: Three Daughters of China, da escritora Jung Chang. Com quase 700 páginas, é um livro enorme e isso por vezes demove-me um pouco da leitura - não gosto da ideia de ficar presa a um livro durante demasiado tempo. E, de facto, foi isso que aconteceu com este, já que demorei cerca de um mês para o ler.     O tema d’Uma (...)
22.07.19

Uma Dúzia de Livros // Agosto: um livro escrito na primeira pessoa

Rita da Nova
É só de mim ou os livros escritos na primeira pessoa têm a capacidade de nos fazer criar ligações muito mais fortes com as personagens que nos contam as suas histórias? Mesmo que não estejamos a falar de autobiografias, é uma forma de termos acesso à bagagem emocional do narrador. Ao mesmo tempo, acabamos por ficar tendencialmente do lado dessa personagem em momentos de conflito - mesmo que faça coisas más ou reprováveis.     Por isso, em Agosto - o mês de Verão em que (...)