Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

Ofício: pomos mãos à obra?

Um domingo acinzentado e quase chuvoso - estavam reunidas as condições para um almoço reconfortante e tranquilo. Sem pressas, como deve ser neste dia da semana. E como as escolhas têm de ser um pouco mais pensadas, já que ainda estou em Whole30, decidimos conhecer um restaurante de que já tínhamos ouvido maravilhas. Chama-se Ofício e fica bem perto do Teatro da Trindade.

 

oficio.jpg

Ler mais )

Whole30: semana 3

E, sem dar por isso, faltam apenas oito dias para terminar o meu desafio Whole30. Confesso que estou há alguns dias à espera do momento em que, finalmente, vou sentir que não consigo mais. Porque, apesar do deslize forçado da semana passada, até agora tem tudo corrido demasiado bem. Por isso, hoje, quero falar-vos de algumas coisas que me têm custado um pouco mais e daquelas que eu achei que iam custar mas não custaram. Vamos a isso?

 

whole30-semana3-3.jpg

Ler mais )

Cartel 36: tráfico de boa comida no Parque das Nações

Pablo Escobar nunca perguntaria “Plata o plomo?” se entrasse no Cartel 36, um restaurante bem escondido no Parque das Nações. Não teria necessidade de ameaças ou subornos assim que visse as delícias que a carta reserva. Ficaria rendido como qualquer um de nós, aliás.

 

As referências aos cartéis de droga e a personalidades como Pablo Escobar estão por toda a parte - desde a decoração ao menu - sem serem demasiadas. Até a música nos remete para a América do Sul, mas está sempre a servir de banda sonora a uma refeição de mesa cheia. Digo “de mesa cheia” porque embora os pratos sejam doses individuais, a ideia é pedir vários para provar coisas diferentes.

 

cartel-36-1.jpg

Ler mais )

Martínez by Lx Grill: conheçam a Rubia Gallega

Os apreciadores de boa carne certamente saberão o que é a Rubia Gallega. Se forem leigos nesta matéria - como eu - então possivelmente não fazem ideia de que se trata de uma espécie de vaca própria da Galiza. E podem também não saber que dão uma carne de comer e chorar por mais. Imaginem então que - também como eu - moram bem perto do Martínez by Lx Grill, mas ignoram o restaurante de cada vez que lá passam.

 

Como assim, tinha esta maravilha mesmo ao lado de casa mas nunca lá tinha ido? Por fora parece um restaurante de bairro como qualquer outro, mas basta entrar e descer a escadaria que dá até à sala principal para percebermos que estamos num sítio onde se percebe (e bem) de carne. Diria que ali se serve comida ibérica, tal é o equilíbrio entre a cozinha portuguesa e a espanhola - que afinal têm tanta coisa em comum.

 

martinez-lx-grill-mini-hamburgueres.jpg

Ler mais )