Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

19.04.24

Intimacies, Katie Kitamura

Rita da Nova
Já tinha Intimacies (PT: Intimidades), de Katie Kitamura, debaixo de olho há algum tempo — pelo menos desde que a Quetzal me cedeu um exemplar. Sabem que nem sempre consigo ler os livros assim que me chegam, mas felizmente a Joana escolheu-o para o mês de abril no Clube do Livra-te e consegui tirar mais um livro do meu carrinho de livros por ler.     Estava muito curiosa com a premissa porque gosto muito de histórias que abordam o poder da linguagem e da tradução. Aqui, (...)
21.03.24

In Memoriam, Alice Winn

Rita da Nova
Fico sempre feliz quando uma leitura tão boa quanto In Memoriam, de Alice Winn, é vista como algo que é mesmo a minha cara. Depois de a Fi (hey there, again!) me ter dito, num passeio por Londres, que eu tinha mesmo de ler, acabei a viagem a comprá-lo no aeroporto e achei que o melhor mesmo seria transformá-lo numa leitura conjunta do Clube do Livra-te.     Já tinha ideia de que iria gostar, mas não esperava ficar tão presa a esta história. In Memoriam apresenta-nos Henry Gaunt (...)
20.02.24

Anatomy, Dana Schwartz

Rita da Nova
Juro que não fiz de propósito, mas Anatomy: a love story (PT: Anatomia: uma história de amor), de Dana Schwartz, é o segundo livro passado em Edimburgo que leio este ano — e, à semelhança de The Fair Botanists, também se passa no início do século XIX. Sempre é uma boa forma de começar a preparar a pequena viagem que farei à capital escocesa ainda este ano.     (...)
13.02.24

Stoner, John Williams

Rita da Nova
Sabem aqueles livros que toda a gente diz serem a vossa cara? Stoner, de John Williams, era uma dessas leituras que, volta e meia, as pessoas me recomendavam por acharem que teria tudo que ver comigo. Se, por um lado, isso me assustava um pouco — já aconteceu ir toda contente e depois odiar —, por outro, achei que fazia todo o sentido trazê-lo para o Clube do Livra-te. Desse modo, leríamos todos em conjunto e passaríamos pela experiência juntos.     Entendo as pessoas que dizem (...)