Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

As minhas pessoas // Sofia

A Sofia não é uma miúda como as outras. Para terem ideia, acho que nunca falámos muito sobre maquilhagem, roupa ou até sobre homens - e se o fizemos foi sempre com o tom despreocupado que nos caracteriza e que eu gosto tanto. Tenho na Sofia um sítio onde nada é demasiado grave, preocupante ou triste. Ela provavelmente não faz ideia disto, mas vejo-a um bocadinho como o Mar Morto: um sítio onde tudo é leve, nada afunda definitivamente.

 

as-minhas-pessoas-sofia.jpg

ler mais )

642 Things to Write About (#7)

Já sentiam falta das coisas estranhas que o livro 624 Things to Write About me manda escrever? A premissa de escrita de hoje é a seguinte:

Escreve sobre a pessoa que mais invejas.

 

Não sei bem como é que isto aconteceu, mas o texto de hoje acabou por sair bastante mais íntimo do que estava à espera. Mas a escrita é assim: não pede permissão para explorar as coisas que vão dentro de nós, e eu deixei. Se quiserem escrever também com base nesta ideia sem serem influenciados pelo meu resultado final, então não avancem mais até terem escrito. Caso contrário, podem ler o meu texto mais abaixo.

 

642things-olhos.JPG

Ler mais )

Q&A #2 // Gatos, tatuagens, fotografia e muito mais

Ao longo da semana passada pedi, através das redes sociais, que me deixassem as vossas questões sobre o que quisessem, para depois responder aqui no blog. É um tipo de post que não faço com muita frequência, mas que me dá muito gosto porque me permite aproximar-me mais de quem me lê e falar um bocadinho mais sobre os temas que vocês mais gostam.

 

q&a.jpg

 

Desta vez, como eram menos perguntas, resolvi responder em forma de texto:

Ler mais )

Obrigada, 2017!

Em 2017 não fomos a Paris. Há dois anos fomos uma vez, no ano passado fomos duas. Tudo indicaria que, em 2017, fôssemos três. Mas preferimos conhecer outros sítios.

 

Nova Iorque, que parece há uma vida e, ao mesmo tempo, só ontem. Turim, a minha Turim do coração, que agora é nossa. Escócia, com as suas estradas, castelos, lagos e as nossas horas de carro a cantar ou simplesmente calados. Lyon, para receber os meus 26. E a Bélgica, só porque achámos que estava pouco frio em Lisboa. E, pelo meio, tantas pequenas viagens interiores. O blog, os workshops, a nossa casa.

 

Ler mais )