Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

04.03.18

As minhas pessoas // Sofia

Rita da Nova
A Sofia não é uma miúda como as outras. Para terem ideia, acho que nunca falámos muito sobre maquilhagem, roupa ou até sobre homens - e se o fizemos foi sempre com o tom despreocupado que nos caracteriza e que eu gosto tanto. Tenho na Sofia um sítio onde nada é demasiado grave, preocupante ou triste. Ela provavelmente não faz ideia disto, mas vejo-a um bocadinho como o Mar Morto: um sítio onde tudo é leve, nada afunda definitivamente. ( 
03.10.17

As minhas pessoas // Pincha

Rita da Nova
 O Pincha não gosta de surpresas, por isso tive que lhe pedir autorização antes de escrever este post. Mandei-lhe uma mensagem a perguntar, mas aposto que, se o tivesse feito presencialmente, o teria visto a torcer o nariz e a soltar um “Opá!” que lhe é tão característico. Conheci-o em 2008, quando entrou para a minha turma de 12º ano. Ele não gostou de mim: achou-me irritante e convencida, porque era a melhor aluna da turma e nunca tinha tido concorrência à altura. Só um (...)
05.08.17

As minhas pessoas // Pai

Rita da Nova
 Passam-se meses em que eu não estou com o meu Pai, apesar de agora até morarmos no mesmo bairro. Sempre foi um bocadinho assim entre nós: podemos nem falar, mas estamos lá um para o outro. A nossa relação é de confiança velada, algo que construímos sem esforço e sempre nos foi natural. Só conheci o meu Pai quando fiz 9 anos - ele entrou pela porta de casa da minha Avó e sentou-se no sofá. Sem desviar os olhos da televisão (estava a dar o Doraemon, era sagrado), soube (...)
08.07.17

As minhas pessoas // Guilherme

Rita da Nova
 “Tens noção que vais perder?”. Foi a primeira coisa que ele me disse quando me viu, cheio de bazófia e triunfo no olhar. A Jonas tinha-me convidado para jogar ao sério aqui no SAPO porque estavam a gravar uns vídeos de promoção aos festivais de verão com pessoas conhecidas (e, vá-se lá saber porquê, comigo também). Não sabia quem ele era, mas tinham-me dito que era comediante. Para mim, com aquela frase inicial, (...)