Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Ter | 04.06.19

Rússia // O que comer

Chegamos, finalmente, ao último post sobre a Rússia. Claramente vai custar-me mais a mim do que a vocês, já que escrever sobre esta viagem está a servir para prolongar a sensação de férias. Ainda assim, como tudo tem de acabar, deixei a parte mais deliciosa para o fim - hoje falo-vos das iguarias imperdíveis numa viagem à Rússia e deixo-vos sugestões de alguns restaurantes onde as podem encontrar.

 

28315242-153C-4057-AD54-427A4A40A475.jpg

 

Uma coisa que têm que saber é que optámos por jantar quase sempre no quarto, o que se revelou uma óptima opção para conseguirmos lidar com o cansaço. Por isso a selecção de restaurantes não é assim tão extensa como costuma ser, mas prometo que só vos recomendo sítios onde comi muito bem. Vamos a isso?

 

 

Bife Tártaro

Apesar de ter ficado mais famoso em França, a história deste bife remonta a origens russas. Por isso, não dava para não provar um bife tártaro na Rússia. Não é tão típico ou comum como outros pratos, mas encontram facilmente restaurantes que o sirvam - normalmente como entrada. Lá experimentei um bife tártaro acompanhado por batatas fritas caseiras com trufa, que é só qualquer coisa do outro mundo.

 

3202E5D9-FB03-4A96-ACAD-F2BE0080AF0D.jpg

 

> Onde comemos: Stroganoff Steak House (São Petersburgo).

 

 

Dumplings

Vareniki, manti, pelmeni, pampushk… na Rússia - como na maioria dos países de leste - há uma panóplia interminável de dumplings. Não se sabe ao certo a origem deste tipo de comida - basicamente massa recheada com diversos ingredientes, que depois pode ser confeccionada de várias formas -, mas posso dizer-vos que comi mais dumplings na Rússia do que noutro país que tenha visitado.

 

DUMPLINGS.png

 

Experimentei várias formas e vários recheios como borrego, salmão, batata, queijo com queijo, tomate e manjericão. Há para todos os gostos e é uma opção relativamente segura e acertada em qualquer restaurante que encontrem.

 

> Onde comemos: Pelmenya (São Petersburgo) e Varenichnaya Nº1 (Moscovo).

 

 

Blini

Eu não tinha noção, mas os russos adoram panquecas e crepes e prepararam-nos tanto salgados como doces. Apesar de não ter tido oportunidade de experimentar as Syrniki, umas panquecas de queijo fritas (muito comidas ao pequeno-almoço), pude experimentar tanto crepes doces como salgados. Não é que seja um prato do outro mundo, mas há em todo o lado e torna-se quase impossível ir à Rússia e não comer pelo menos uma vez.

 

LRM_EXPORT_4554324338885_20190604_152031465.jpg

 

> Onde comemos: The Idiot (São Petersburgo).

 

 

Sopas

Mesmo que não sejam muito fãs, as sopas na Rússia são imperdíveis e - muitas vezes - funcionam como refeição completa de tão densas que são. Basta pensarmos no clima que este país tem durante o Inverno (que dura bem mais do que os nossos 3 meses) para percebermos porque é que as sopas são fundamentais (isso e vodka, mas é outra conversa). Nós experimentámos a Sauerkraut, a chamada sopa da ressaca, e a Borscht - mais conhecida, feita à base de beterraba -, mas há imensas opções.

 

SOPAS.png

 

> Onde comemos: The Idiot (São Petersburgo) e Varenichnaya Nº1 (Moscovo).

 

 

Stroganoff

Se só puderem comer uma coisa na Rússia (e se comerem carne, claro), então têm mesmo que experimentar a receita original de stroganoff! Idealmente façam-no no restaurante Mari Vanna - há em Moscovo, São Petersburgo e, segundo sei, em Londres e Nova Iorque. Almoçámos no de Moscovo e só entrar lá dentro torna logo a experiência mais rica. É como se estivéssemos a entrar na casa de uma avózinha russa, que mantém toda a decoração como se ainda vivesse nos anos 70/80. Para além disso - e mais importante - a receita de stroganoff é maravilhosa, sendo que a carne é servida em cima de trigo sarraceno. Parece estranho, mas é delicioso.

 

52C04882-609E-4BB1-BF87-0890C08F0E3F.jpg

 

> Onde comemos: Mari Vanna (Moscovo).

 

 

É apenas um resumo de algumas das coisas que têm mesmo que provar caso vão à Rússia (ou, no caso do Mari Vanna, a Londres ou NYC). Quem já lá esteve ou conhece a gastronomia, que outros pratos ou iguarias acrescentaria a esta lista? E quem não foi, qual dos pratos vos deu mais vontade de apanhar um avião? Contem-me tudo nos comentários!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.