Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rita da Nova

Retiro do Bosque: fim-de-semana com vista para a Serra

Acordar com o som dos pássaros a cantar lá fora em vez do som repetitivo do despertador. Foi assim que começámos o dia nas três manhãs que passámos do Retiro do Bosque Country House. Este pequeno refúgio no meio da natureza fica em Minde, junto de Mira de Aire - para os menos conhecedores destas pequenas terras, perto de Porto de Mós.

 

retiro-bosque-country-house-7.jpg

 

A Serra de Aire e Candeeiros serviu de pano de fundo ao nosso fim-de-semana prolongado. Chegámos no domingo, depois de pararmos, para almoçar e ficámos até quarta-feira de manhã. Se, como nós, procuram um sítio não muito longe de Lisboa onde seja possível descansar da rotina, estar perto da natureza e simplesmente existir, então este Retiro do Bosque é a resposta.

 

Os quartos desta casa têm todos nomes de elementos da natureza local e nós ficámos no Alfazema. Está muito bem decorado e é muito confortável, mas o melhor de tudo é a vista que se tem da varanda directamente para a Serra. Imaginem-se sentados nas cadeirinhas, com um livro no colo, a respirar ar puro. Do nosso quarto via-se o Polje, o único em Portugal. Basicamente (e sem querer dizer nenhum disparate) é uma formação geográfica que, em perídos de chuva, dá origem a lagos. 

 

retiro-bosque-country-house.jpg

retiro-bosque-country-house-2.jpg

retiro-bosque-country-house-8.jpg

retiro-bosque-country-house-9.jpg

 

De manhã servem-nos um pequeno-almoço caseirinho, com tudo o que precisamos para começar bem o dia e sem nada de exageros. A sala do pequeno-almoço - que também é sala de estar - é absolutamente deliciosa e ficámos por lá várias vezes a ler, a pôr a segunda temporada de This Is Us em dia (sim, só agora) ou a escrever. Se tivesse estado bom tempo teríamos aproveitado junto à piscina, mas infelizmente choveu em dois terços da nossa estadia.

 

retiro-bosque-country-house-5.jpg

retiro-bosque-country-house-3.jpg

retiro-bosque-country-house-6.jpg

retiro-bosque-country-house-4.jpg

retiro-bosque-country-house-1.jpg

retiro-bosque-country-house-10.jpg

 

Mas não tem mal, o Retiro do Bosque foi perfeito para aquilo de que estávamos a precisar: descanso, muita leitura e boa comida. Neste campo, há muito para explorar à volta e as minhas recomendações são as seguintes:

 

> Tasquinha D. Maria, também conhecida como Ti Maria dos Queijinhos, uma tasca em Porto de Mós que é famosa pelos grelhados (peçam o borrego e os lagartos de porco) e pela salada de tomate deliciosa;

> Mosteiro do Leitão, à entrada da Batalha, com óptimo leitão e com aquelas entradas todas dos restaurantes típicos;

> Mata Bicho, em Leiria. É possivelmente um dos meus favoritos da região e fazemos sempre por lá ir petiscar quando estamos por lá.

 

Tenham apenas em atenção que à segunda e à terça-feira os restaurantes de Minde e Mira de Aire estão fechados, por isso é possível que tenham de deslocar-se até mais longe para almoçar ou jantar.

 

Acreditem: começar a semana neste pequeno paraíso deu-me logo outro alento para voltar ao trabalho, com energia reforçada. Sou fã destas pequenas escapadelas, acredito mesmo que são fundamentais para conhecermos melhor o país e, claro, sobrevivermos ao reboliço da cidade. E vocês, costumam fazer este tipo de turismo? Se sim, que sítios e alojamentos me recomendam?