Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Sex | 16.11.18

Restaurantes // Mano a Mano

Massa alta ou fina?

Pizza ou pasta?

Mozzarella ou Gorgonzola?

Carbonara ou Bolognese?

Ferrari ou Lamborghini?

Maradona ou Totti?

Roma ou Veneza?

Ducati ou Piaggio?

Internazionale ou AC Milan?

Michelangelo ou Leonardo?

Gioconda ou Cicciolina?

Todos, por favor!

 

mano-a-mano-1.jpg

 

A cultura italiana - da gastronomia às artes - está cheia de coisas muito diferentes e, aparentemente, contraditórias. O Mano a Mano veio ocupar um espaço enorme na Rua do Alecrim para mostrar que não tem que ser assim. É certo que os italianos comem pastas e pizzas, mas não vivem apenas disso - uma coisa que percebi durante a temporada que vivi em Turim.

 

Decidimos experimentar este novo restaurante ao almoço, para aproveitarmos a luz natural e a calma típica deste momento do dia. E não podíamos ter escolhido melhor, até porque eu tenho uma paixão grande por esta rua e sabe bem recordar as minhas horas de almoço de infância naquela zona. Mas bom, lamechices à parte, tudo aquilo que comi no Mano a Mano reforçou a sensação de escolha bem feita.

 

mano-a-mano-bar.jpg

mano-a-mano-espaco.jpg

mano-a-mano-mesa.jpg

mano-a-mano.jpg

 

O nosso instinto era começar por dividir a Burrata com geleia de pimentos vermelhos e anchovas em azeite, mas decidimos contrariar e escolher antes os Crostini Mano a Mano, feito com pão da casa, ‘nduja (salame), mozzarella de búfala e tomilho. Há muito tempo que não comia um crostini tão bem conseguido, tanto no tipo de pão, como na combinação de ingredientes.

 

mano-a-mano-crostini.jpg

 

Se na entrada decidimos contrariar o óbvio, nos pratos principais tivemos que ceder ao impulso e pedir as coisas “do costume”: para o Guilherme veio Linguine al Nero di Seppia alla Pescatore (linguine com tinta de choco, camarão, mexilhão, amêijoa, lula e tomate) e para mim chegaram os Cappelli ai Funghi e Tartufo Nero (pasta recheada de cogumelos porcini, creme de grana panado e trufas negras). MINHA NOSSA SENHORA! Vocês não imaginam o quão delicioso é este prato.

 

mano-a-mano-linguine-nero.jpg

mano-a-mano-cappelli-tartufo.jpg

 

Se tivéssemos optado por pedir pizzas, feitas nos dois fornos que vemos mal entramos no Mano a Mano, teríamos duas opções: ou pedíamos pizza napolitana (massa alta, fofa e areada) ou pizza romana (massa mais fina e estaladiça). Mais uma prova de que este restaurante quer mostrar que, mesmo nas pizzas, há uma série de formas de cozinhar e comer.

 

Éramos para ter terminado o almoço por aqui, mas quando nos trouxeram a carta de sobremesas não houve como dizer que não. Um Tiramisù com frutos do bosque para o Guilherme (óbvio) e uma Panna Cotta com calda de caramelo salgado para mim, que era tudo de bom nesta vida.

 

mano-a-mano-tiramisu.jpg

mano-a-mano-pannacotta.jpg

 

Fiquei agradavelmente surpreendida com este Mano a Mano e quero muito voltar para explorar tudo aquilo que a gastronomia italiana tem para oferecer. Vocês já tinham ouvido falar deste restaurante?

 

Mano a Mano Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Rita da Nova

    19.11.18

    Nem sempre temos que escolher, não é verdade?
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.