Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Restaurantes // Dom Queijo

Não é novidade que sou apaixonada por queijo, afinal já aqui declarei a minha paixão por este ingrediente, mas há uma coisa sobre mim que (provavelmente) não sabem: nos supermercados passo a vida a cheirar queijos. Todos eles, dos mais suaves aos mais fortes. Imaginam, então, a minha felicidade quando entrei no Dom Queijo e a primeira coisa que noto é um intenso cheiro a queijo.

 

dom-queijo.jpg

 

Com o nome deste restaurante não há como ir ao engano: é um sítio para quem gosta de queijo e eu senti logo que pertencia ali. Até porque, desde o primeiro momento, o Vasco (a cabeça por detrás do projecto), nos pôs logo à vontade e nos fez sentir em casa. Já houve quem se queixasse da sua extrema simpatia, mas eu cá acho que dá uma alma muito diferente a este pequeno espaço ali no Campo Grande.

 

Se há pares perfeitos nesta vida, o queijo e os vinhos têm que estar no topo da lista. Enquanto esperávamos pela companhia, decidimos começar a refeição com um copo de Meio Queijo. Depois de averiguarmos a carta de vinhos, que vem escarrapachada numa garrafa, eu decidi pedir um copo de branco e o Guilherme um de tinto.

 

dom-queijo-carta-vinhos.jpg

dom-queijo-1.jpeg

 

Qualquer pessoa que percebe de queijos sabe uma coisa: mais vale optar pela qualidade do que pela quantidade. Toda a carta do Dom Queijo foi, então, construída com base nesta premissa. O menu muda recorrentemente e tem apenas dois couverts, duas entradas, dois pratos e duas sobremesas à escolha. Nós fizemos o seguinte: pedimos um menu de degustação (22,5€), que inclui os dois couverts disponíveis, uma entrada, um prato e uma sobremesa do dia. Depois foi só pedir a outra entrada, o outro prato e a outra sobremesa para conseguirmos provar um pouco de tudo.

 

Primeiro vieram os couverts, ou seja, os Grissinos caseiros de Gruyére, pão e azeite e os Pães de queijo alentejano, feitos com queijo de Nisa, chouriço e acompanhados de compota caseira de abóbora. Se eu já era louca pelo tradicional pão de queijo, fiquei completamente rendida a esta inovação - ao ponto de ter pedido mais uma rodada para a mesa. E sabem que mais? É possível pedí-los através da Glovo ou UberEats, para comer no conforto do lar.

 

dom-queijo-grissinos-gruyere.jpg

dom-queijo-pao-queijo-alentejano.jpg

 

Ainda bem que pedimos as duas entradas, já que teria sido impossível para mim escolher apenas uma. Para entenderem o meu dilema, as duas entradas da semana são Halloumi Grelhado (com jalapeño e tequilla) e Quesadilla (com Feta e Rabaçal, chipotle, pico de gallo e sour cream). Por norma são duas coisas que adoro e, admito, não consigo eleger uma favorita. Lá está, na dúvida é pedir os dois!

 

dom-queijo-halloumi.jpg

dom-queijo-quesadilla.jpg

 

Nos pratos principais, o Lombo de Salmão (com Chévre, legumes baby e uva branca) foi o grande vencedor da noite. Já eu (até parece estranho!) fui a única da mesa a preferir o prato de carne: Peito de Frango Recheado com Feta e Ricotta, acompanhado com risotto de Shitake e bacon. Adorei o salmão, mas houve qualquer coisa na combinação do recheio do frango com o risotto que me agarrou.

 

dom-queijo-salmao.jpg

dom-queijo-peito-frango-recheado.jpg

 

Melhor do que os Pães de queijo alentejano e do que o Peito de Frango Recheado só mesmo aquilo que estava guardado para o final da refeição. Já estava à espera que, num restaurante dedicado a queijos, houvesse pelo menos um Cheesecake na carta. Até aqui decidiram inovar, trazendo uma versão desconstruída desta sobremesa. Leva queijo creme, nectarinas e crumble de frutos secos, e a ideia é comermos na ordem que nos apetecer. Mas aquilo que me deixou mesmo rendida foi o Creme de Mascarpone, com doce de leite e gelado de lima e hortelã. O Vasco já tinha por hábito fazer esta sobremesa em casa e, quando a trouxe para o restaurante, esteve durante imenso tempo em testes com a Nannarella para criar um gelado à medida que ficasse divinal ali. Eu acho que acertaram em cheio.

 

dom-queijo-cheesecake.jpeg

dom-queijo-creme-mascarpone.jpg

 

O que dizer mais? A ideia de haver um restaurante em que todos os pratos têm queijo já tinha tudo para me agradar, mas depois de conhecer o Dom Queijo percebi que vai muito para além disso. Adorei a forma sublime como incluem o queijo em todos os elementos do menu e agrada-me muito a ideia de a carta ir mudando frequentemente, para que seja sempre uma novidade a cada visita. Eu, pelo menos, tenciono fazer muitas.

 

Há amantes de queijo desse lado? Se sim, já conheciam o Dom Queijo?

 

Dom Queijo Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

3 comentários

Comentar post