Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Restaurantes // Ciao Gaucho

Concordamos neste ponto: Lisboa está ao rubro e há cada vez mais restaurantes com conceitos diferentes a surgir por aí, certo? Mas ainda há alguns que conseguem inovar e surpreender, como é o caso do Ciao Gaucho - um italo-argentino que fica no Parque das Nações. A fusão vê-se logo no nome, já que “Ciao” significa olá (e adeus) em italiano e “Gaucho” é a expressão usada pelos argentinos para se referirem a uma espécie de cowboy da região.

 

ciao-gaucho.jpg

 

O propósito é promover um encontro interessante entre culturas através da gastronomia. E é curioso porque este encontro foi quase literal: Schelotto (sim, o jogador de futebol) nasceu na argentina e mudou-se muito cedo para Itália. Depois conheceu Simone e Daniele Campi, que são os outros dois sócios deste projecto. Daí à abertura do restaurante, foi um saltinho. Ainda assim, gostava que o espaço espelhasse mais este encontro cultural, já que está maioritariamente decorado com camisolas de futebol.

 

Mas atenção que o Ciao Gaucho não quis reinventar a roda. É claro que a comida na Argentina tem grande influência europeia, nomeadamente de Itália, mas o sucesso da comida deste restaurante não passa por misturá-las. Por isso, para além de uma série de entradas, pizzas e pastas italianas, é também possível pedir carne grelhada com a qualidade a que a Argentina já nos habituou. Isto resulta numa carta extensa, com muitas opções, perfeita para agradar a todos num jantar de grupo.

 

Nós quisemos provar o melhor de dois mundos e isso começou logo pelas entradas. Experimentámos a Empanada di Cotto e Formaggio (queijo e fiambre) e a Treccia al Aglio, um pão de alho com queijo mozzarella, manjericão e parmesão. Esta última foi a minha favorita, sobretudo por fugir ao pão de alho convencional e aborrecido.

 

ciao-gaucho-empanada-cotto-formaggio.jpg

ciao-gaucho-treccia-al-aglio.jpg

 

Do lado italiano experimentámos três pratos diferentes: os Ravioli in Crema di Pistacchio e Bacon (recheados com ricotta e espinafres), o Strozzapreti all’Aceto Balsâmico (com molho de vinagre balsâmico, bacon, passas e amêndoa laminada) e o Risotto al Basilico e Burrata. As massas vinham cozinhadas no ponto e com os sabores todos no sítio certo, mas o risotto estava IN-CRÍ-VEL. Se forem ao Ciao Gaucho não podem sair sem o experimentar, sim?

 

ciao-gaucho-ravioli-pistacchio-bacon.jpg

ciao-gaucho-strozzapreti-aceto-balsamico.jpg

ciao-gaucho-risotto-basilico-burrata.jpg

 

Do lado argentino chegou-nos uma Picanha Argentina na chapa, ainda a terminar de cozinhar. Só pelo aspecto deu para perceber a qualidade da carne, algo que se comprovou quando experimentámos o primeiro bocado. Ainda assim, gostava de ter visto outro lado da gastronomia argentina para além da carne e das empanadas (haverá, sequer?).

 

ciao-gaucho-picanha-argentina.jpg

 

Terminámos a refeição como começámos, isto é, com um bocadinho de cada um dos países representados neste Ciao Gaucho. O Tiramisù e a Pannacotta de Frutos Vermelhos estavam bons, mas não inesquecíveis. Já os Crepes com Gelado de Dolce de Leche salgado estavam muito, muito bons - se bem que, por mim, bastava o gelado para ter ficado apaixonada.

 

ciao-gaucho-tiramisu.jpg

ciao-gaucho-crepe-doce-leche.jpg

 

Resumindo: as pastas, os risottos e o gelado de doce de leite são aquilo que me fará voltar de certeza ao Ciao Gaucho, até porque tem Zomato Gold e fica perigosamente perto do meu local de trabalho. E vocês, acham que merece uma visita?

 

Ciao Gaucho Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

5 comentários

Comentar post