Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Restaurantes // BouBou's

BouBou’s entrou-me no feed do Instagram por acaso e, mal vi as fotografias do espaço, soube logo que tinha que lá ir. É mais um caso de um casal estrangeiro que se apaixonou por Lisboa - mais especificamente pelo Príncipe Real - e veio enriquecer a restauração da capital. Bem sei que as opiniões se dividem, mas eu sou muito fã desta abertura de Lisboa ao mundo, acredito que nos tem trazido muitas influências gastronómicas interessantes.

 

boubous-1.jpg

 

Tivemos a sorte de ficar sentados na esplanada interior do BouBou’s e, apesar de termos ido à noite, deu para confirmar que é mesmo muito agradável. Gostava de ter ido ao almoço para poder fotografar e mostrar-vos tudo com mais luz, mas assim também vos transmito o ambiente intimista e acolhedor que se instala ao fim do dia. E por falar nisso, à entrada vemos logo o bar onde são preparados os cocktails que podem tanto acompanhar um snack como iniciar uma refeição.

 

boubous-2.jpg

boubous-3.jpg

 

No nosso grupo o Triangle (mais doce e com forte sabor a abacaxi) fez sucesso, mas eu preferi experimentar um Professor - mais ácido, com um travo interessante a maracujá. Foram um bom ponto de partida para o jantar, enquanto escolhíamos o que pedir.

 

boubous-triangle.jpg

 

Em vez de escolhermos entradas, optámos por fazer uma selecção de vários snacks para ir abrindo o apetite. Experimentámos os Croquetes de Coelho (o meu favorito), as Lulas Crocantes (óptimo molho de acompanhamento), o Piano BBQ, e o Pão, Manteiga e Salsa de Tomate. As doses não são muito grandes, por isso foi uma boa opção pedir vários para petiscar.

 

boubous-croquetes-coelho.jpg

boubous-lulas-crocantes.jpg

boubous-piano-bbq.jpg

boubous-pao.jpg

 

Como estávamos numa de partilhar e éramos quatro pessoas, os nossos olhos caíram imediatamente no “Kebab" de Cordeiro, Pão Pita e Condimentos Orientais. O Kebab está inserido numa parte da carta chamada Go Big or Go Home, composta por pratos pensados para dividir entre duas ou quatro pessoas - e, acreditem, é mesmo muita comida. O cordeiro coze a baixa temperatura durante uma vida inteira, quase, e depois é desfeito à nossa frente. A partir daí é só ir recheando o pão pita com a carne e os diversos condimentos. Que maravilha, minha gente, que maravilha!

 

boubous-kebab-cordeiro.jpg

boubous-pao-pita-condimentos.jpg

 

As sobremesas não desiludiram e até houve direito a uma surpresa. Primeiro pedimos um Chocolate, Caramelo & Moscatel, que é suave e nada enjoativo. Mas quando me disseram que a sobremesa especial do dia era uma Tarte de Figos e Caramelo Salgado, juro que até me emocionei. Não deu para não pedir e estava divinal.

 

boubous-chocolate-caramelo-moscatel.jpg

boubous-tarte-figo.jpg

 

Se forem pesquisar coisas sobre o BouBou’s vão perceber uma coisa: é um restaurante caro. Sim, é, não dá para negar. Se fizermos uma refeição sem grande controlo, pedindo aquilo que nos apetece, vai doer na carteira. Mas eu gostei tanto da experiência que não me importei - e quanto mais penso naquele cordeiro maravilhoso, mais me convenço de que tomei uma decisão acertada ao visitá-lo.

 

Não é certamente um restaurante para todos os dias, mas promete ser um sítio a revisitar em ocasiões especiais. Já o conheciam?

 

BouBou's Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

4 comentários

Comentar post