Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Restaurantes // As Ladras

Quem são As Ladras?

 

As Ladras são duas irmãs. Decidiram abrir um espacinho numa rua íngreme de Santa Apolónia, com vista privilegiada para o Tejo. O nome não vem só da proximidade com a Feira da Ladra, mas também do facto de irem “roubar” ideias gastronómicas aos outros países. Mas não se preocupem, aqui os ingredientes são todos frescos e nacionais, só a inspiração é que vem um pouco de todo o lado.

 

as-ladras.jpg

 

As Ladras são descontraídas. Uma descontracção que se reflecte no espaço e nas pessoas que decidem acabar lá o dia, com um copo e uns petiscos. O bistro não é muito grande, mas é suficientemente arejado porque parece que a rua e o passeio são uma extensão do espaço. Uma espécie de esplanada improvisada pelos clientes, que vão lá fora entre pratos para aproveitar a vista.

 

As Ladras sabem cozinhar. E bastante bem, deixem-me que vos diga. A carta vai mudando regularmente e não é muito extensa, para que se possa aproveitar o melhor de cada época e cozinhar cada prato com carinho. Não sei quanto a vocês, mas o amor que se põe na comida é um ingrediente que identifico facilmente quando provo alguma coisa. Às vezes parece que o cozinheiro se esqueceu, outras vezes a mão foi bem cheia. As Ladras são um exemplo deste último caso.

 

as-ladras-1.jpg

as-ladras-couvert.jpg

 

As Ladras incentivam-nos a partilhar. E nós, como somos bem mandadas (éramos só mulheres, para condizer com o nome do restaurante), aceitámos. Depois de uma Sangria de Espumante e um couvert delicioso, começámos pelos frios com o Ceviche do Dia (pedimos de carapau), a Salada de Polvo com batata primor e a Saladra que, para além de um grande nome, tem couscous, feta, legumes assados e nozes.

 

as-ladras-ceviche-carapau.jpg

as-ladras-salada-polvo.jpg

as-ladras-saladra.jpg

 

Nos quentes fomos pela carne e não podíamos ter escolhido melhor. O Bife do Pojadouro com chips de batata doce estava muito bom, mas o Caril de Frango com batata doce assada estava divinal - possivelmente o melhor que comi na vida.

 

as-ladras-bife-pojadouro.jpg

as-ladras-caril-frango.jpg

 

As Ladras têm mãos de doceiras. Neste bistro é tudo feito ali, no momento, incluindo sobremesas. E, quando assim é, só pode ser bom sinal. Não conseguimos escolher apenas uma e pedimos as três para provar: o Leite Creme, a Pannacotta e a Mousse de Chocolate. Estava tudo bom, tinham todas aquele amor de que falei há pouco, mas a mousse destacou-se pela consistência perfeita.

 

as-ladras-mousse-chocolate.jpg

 

As Ladras são umas bem dispostas. São mesmo, basta dois segundos de conversa para o perceber. Ofereceram-nos até um Porto para acabar a noite, enquanto conversávamos lá fora. Fizeram-nos sentir como se estivéssemos a jantar em casa de amigos e isso é impagável. Se quiserem ter um cheirinho da boa disposição destas irmãs é seguí-las pelo Instagram ou Facebook, onde mostram o dia-a-dia do restaurante de forma muito divertida.

 

Já tinham ouvido falar deste restaurante? Prometo que vale bastante a pena subir ou descer a rua íngreme em que está.

 

As Ladras Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

3 comentários

Comentar post