Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Sab | 02.06.18

Porto, meu amor.

Porto, meu amor. E pensar que este ano ainda não te tinha vindo visitar. Mas pronto, agora já fui e já voltei - ainda que por uma noite - aproveitei os teus encantos o mais possível. Normalmente vou ao Porto porque o Guilherme tem trabalho e aproveitamos para ficar uns dias, mas desta vez o motivo foi outro.

 

Há uns tempos andava a fazer aquele scroll infinito pelo Instagram (quem nunca?) quando vi um post da Glum Tattooer, uma tatuadora com um traço muito fininho e uns desenhos que são muito a minha cara. Quando vi as tatuagens que tinha disponíveis apaixonei-me por uma raposa e decidi imediatamente fazê-la. Há algum tempo que queria tatuar este animal - que simboliza a minha Avó -, por isso marquei comboios e estadia para vir cá neste feriado. Prometo que depois vos conto em pormenor porque é que, para mim, uma raposa é sinónimo de Avó.

 

raposa-glum-tattooer.jpg

 

Como uma visita a esta cidade não fica completa sem conhecer novos restaurantes, também fiz um plano para conhecer um local novo a cada refeição. Portanto já sabem: na próxima semana, o blog vai ser invadido por boa comida e sítios giros aqui do Porto. Para já, queria apenas mostrar-vos esta beleza e celebrar com poucas palavras a vinda a esta cidade que eu tanto adoro.

 

E vocês, como vão ocupar este feriado? Se quiserem dispensar alguns segundos do vosso dia para ler outros posts que escrevi sobre o Porto, aqui ficam eles:

> Imperdível (no) Porto

> Porto: até à última dentada

> #RitaNaRotaDoBrunch: Honolulu Coffee Shop

4 comentários

Comentar post