Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Palavras Cruzadas // Regresso às aulas

Sabem a velha máxima que diz que só valorizamos as coisas quando as perdemos? É exactamente isso que penso quando me lembro que, nos tempos de escola, rapidamente ficava aborrecida das férias escolares. Hoje em dia apetece-me dar um berro e dois pares de estalos à miúda que, passadas duas semanas de pausa, já estava a perguntar quando é que era altura de voltar às aulas.

 

palavras-cruzadas-regresso-aulas.jpg

 

Eu suportava apenas o tempo necessário para dar o descanso que o meu corpo e a minha mente precisavam efectivamente. Mas desde muito cedo que aproveitava as férias para criar novos projectos. Eu criei jornais, escrevi livros, abri negócios de venda de pulseiras e colares de missangas (quem nunca?). Depois disso começaram a surgir os cursos e workshops, maioritariamente ligados à escrita. Por cada semana de praia, eu precisava de pelo menos duas de novos projectos.

 

O grande momento de antecipação do regresso às aulas era a compra dos livros e do material escolar. Nada me dava mais prazer do que escolher cadernos, canetas e pastas para organizar coisas. Ainda hoje adoro tudo o que são cadernos e material de escritório - estou sempre à procura de novos cadernos e compro muitos pela internet, de marcas diferentes. Nesta altura do ano perco-me especialmente nos supermercados, com as feiras do regresso às aulas. Trouxe da escola o amor pelos materiais analógicos e nunca deixei que essa paixão esmorecesse.

 

Eu compreendo a Rita que aguardava ansiosamente pelo momento de preparar o regresso às aulas, mas não compreendo a Rita que não valorizava o descanso. Mais alguém desse lado era assim nos tempos de escola, impaciente e cheio de vontade de voltar para a escola? Partilham comigo a paixão por estacionário? Que marcas de cadernos me recomendam?

 

____

Este é o 20º post da rubrica Palavras Cruzadas, criada em parceria com o P.A., mas vocês também estão mais do que à vontade para pegar nos temas e escrever sobre eles. O tema desta quinzena foi ideia minha (claro!) e eu já estou curiosa por saber o que é que ele vai tramar para a próxima quinzena. 

11 comentários

Comentar post