Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rita da Nova

Palavras Cruzadas // Queijo, meu amor

Penso muitas vezes nesta questão: se só pudesse comer uma coisa até ao final dos meus dias, o que escolheria? E a resposta é simples: queijo. É o meu alimento favorito de sempre e sei que viveria bem se só comesse queijo. Quem é que não é feliz com uma bela tábua de queijos à frente?

 

palavras-cruzadas-queijo.jpg

 

Feta, Halloumi, Requeijão, Gouda, Queijo da Serra, Burrata, Queijo da Ilha, Brie. Por mim era queijo ao pequeno-almoço, ao almoço e como sobremesa. Meus amigos, eu até sigo contas de Instagram sobre queijo e tenho um board sobre o tema no Pinterest. Como assim, há pessoas que não gostam deste alimento maravilhoso?

 

Mas como, assim de vez em quando, a vida tem a mania de ser madrasta, percebi recentemente que comer queijo a quase todas as refeições não é assim tão boa ideia. Depois de fazer um mês em Whole30 - em que, confesso, não comer queijo não foi assim tãaaaao complicado -, voltei a reintroduzir uma série de alimentos proibidos e os lacticínios foram os únicos a causar reacção (dores de cabeça, inchaço, efeitos na pele).

 

Por isso: queijo, meu amor, não és tu… sou eu. Continuo a adorar-te e continuamos a poder ter belos momentos, mas não podemos estar sempre juntos.

 

____

Este é o 12º post da rubrica Palavras Cruzadas, criada em parceria com o P.A. e, quem sabe, convosco também. Se ainda não leram pelo menos um destes posts, onde é que têm andado? O tema desta quinzena foi ideia minha e estou desejosa de ver o que ele tem preparado para a próxima quinzena!