Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Qua | 03.06.20

Os livros da Rita // Sharp Objects, Gillian Flynn

Gillian Flynn é rainha do thriller e dos plot twists. Ainda não tinha lido nada dela, mas tinha visto a adaptação ao cinema de Gone Girl e lembro-me de ficar presa. Peguei finalmente no Sharp Objects, o primeiro livro da autora, a propósito do tema de Junho d’Uma Dúzia de Livros - um livro adaptado ao cinema ou televisão. Andava há que tempos para ver a série na HBO, mas não queria fazê-lo antes de ler o livro.

 

97593D6C-82E6-475E-847D-0E511E3EB15E.jpg

 

A premissa é aparentemente simples: Camille Preaker, repórter num jornal em Chicago, é enviada para Wind Gap, onde nasceu e cresceu, para cobrir o assassinato de uma rapariga e o desaparecimento de outra. Isso faz com que fique provisoriamente em casa da mãe, com quem não mantinha contacto. Camille confronta-se de novo com coisas que preferiu esconder e evitar: a morte da irmã mais nova há uns anos, a personalidade neurótica da mãe, a irmã mais nova que entretanto nasceu de outro pai, uma infância difícil e conturbada.

 

Sometimes I think illness sits inside every woman, waiting for the right moment to bloom. I have known so many sick women all my life. Women with chronic pain, with ever-gestating diseases. Women with conditions. Men, sure, they have bone snaps, they have backaches, they have a surgery or two, yank out a tonsil, insert a shiny plastic hip. Women get consumed.

 

Camille rapidamente percebe que, para deslindar os crimes, terá que voltar a ligar-se à família, à cidade onde nasceu e a toda a bagagem emocional que isso acarreta. Mais do que ser um livro sobre assassinatos e desaparecimentos, Sharp Objects é um livro sobre crescer numa família tóxica: sobre a maternidade e sobre afirmar o nosso domínio através do acto de ter e cuidar de filhos.

 

Não gostei apenas do tema, gostei também da forma crua como está escrito e da forma como Gillian Flynn nos vai dando informações ao longo do livro - nunca demasiado depressa, sempre no momento certo para irmos percebendo o que se passa ao mesmo tempo que a personagem principal. Fiquei muito fã da forma como escreve e talvez dê uma oportunidade a outros livros dela - qual recomendariam para continuar?

 

Quem desse lado já leu este livro e/ou viu a série? Vou começar a ver a série rapidamente, para depois poder comparar!

 

_________

Sharp Objects por Gillian Flynn

Avaliação: 9/10

23 comentários

Comentar post

Pág. 1/2