Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

O que os 26 me trouxeram

Há um ano escrevia-vos de Lyon, este ano faço o mesmo a partir de Copenhaga. E assim, de repente, passou um ano e eu já estou nos 27. Gosto muito mais de fazer aniversários ímpares do que aniversários pares, por isso despeço-me dos 26 com muita vontade de receber este novo ano.

 

birthday.jpg

 

Não me interpretem mal: os 26 foram do caraças. Aconteceu tanta coisa boa que seriam precisos muitos posts para vos falar sobre a forma como cresci este ano. Aprendi muito, comecei a abrir-me mais aos outros e às coisas boas que eles me podem trazer. Desconfiei menos e atirei-me mais. Algumas vezes não foi assim tão bom, mas na maioria (e naquilo que interessa) só teve consequências positivas.

 

Foi difícil escolher poucas coisas, mas concentrei grande parte dos acontecimentos positivos da minha vida em cinco grandes aspectos. E é isso que quero partilhar hoje convosco - aquilo que os 26 me trouxeram.

 

 

Os workshops de Escrita Criativa
Só em Outubro é que vai fazer um ano que me aventurei nesta coisa de dar workshops de Escrita Criativa, mas a verdade é que já sinto que foi uma das grandes mudanças da minha vida. É através deles que aprendo a estar mais aberta e receptiva aos outros e a dar-lhes coisas que nem eu sabia que tinha cá dentro. Sinto-me tão feliz e realizada no final de um dia de workshop como me sinto com pouco na vida, por isso hoje quero agradecer a todas as pessoas que já passaram “pelas minhas mãos”. Cresci muito por causa de vocês.

 

workshops-escrita-criativa.jpg

 

 

O casamento

É normal que tenham a percepção que aconteceu tudo muito depressa, mas na realidade já estava marcado desde Dezembro do ano passado. Bem sei que ainda não vos falei sobre este dia, embora tenha mesmo muita vontade de o fazer. Se me perguntassem há uns anos, não muitos, se me via casada aos 26, a minha resposta seria um redondo “não”. Mas quando faz sentido, faz sentido. E assim que chegarem as fotografias deste dia prometo falar um pouco mais sobre ele.

 

casamento.jpg

 

 

As oportunidades através do blog

Nunca achei que um blog me pudesse trazer tanta coisa nova e boa. A tal ideia de plantar para depois colher é mesmo verdadeira, sabem? Não tenho ideia se se nota a quantidade de esforço e tempo que dedico a este cantinho (Instagram incluído), mas é mesmo muito (teria certamente trabalho para fazer isto a tempo inteiro). E é por isso que é tão bom entrar em projectos bons com marcas e pessoas interessantes - a McDonald’s, a Samsung, a Zomato, os meus convidados do Dividimos a Conta… não tenho palavras.

 

mc-donalds-rustico.JPG 

 

Muitas viagens (claro)

Normalmente costumamos viajar mais, passando pouco tempo em cada destino. Mas nos 26 tive a sorte de fazer duas viagens grandes - Cuba no início do ano e Madagáscar na Lua-de-Mel. Mas não só: Lyon (onde celebrei a chegada dos 26), Bélgica, o regresso a Berlim e, agora, Copenhaga. E já temos três pensadas para um futuro próximo, claro!

 

cuba.jpg

 

 

O Risotto

Já vos contei como é que esta bola de pêlo irrequieta mas amorosa chegou às nossas vidas, eu sei, mas agora quero reforçar o quão especial foi trazê-lo connosco. Veio agitar a nossa casa de uma maneira tão boa (apesar de às vezes ter demasiado energia), que a cada dia que passa fico mais confiante com a nossa decisão. Não imaginam a felicidade que é ver a forma como nos pede cada vez mais mimo ou cria uma relação com a Guinness e a BB8.

 

risotto.jpg

 

 

Obrigada por estarem desse lado a acompanhar tudo isto, sim? Agora vou passear por Copenhaga, soprar as velas e brindar com o amor da minha vida. 💛

17 comentários

Comentar post