Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Jantamos n'O Quintal?

“Vamos fazer o que mais gostamos de fazer em casa, ao fim-de-semana: receber pessoas.” Foi com esta ideia e com muito amor pela comida que esta família da Amadora decidiu finalmente abrir o seu próprio restaurante. Se os tempos livres em família eram passados a cozinhar, com a casa cheia de gente, porque é que não haveriam de partilhar esta paixão com mais pessoas?

 

A vida tem coisas inexplicáveis e o espaço que sempre havia sido restaurante chamado O Quintal estava, por acaso, para trespasse. Da ideia à abertura deste novo Quintal foi um saltinho e oficializou-se em Dezembro de 2016. Sim, mesmo que ainda não tenham ouvido falar deste restaurante (como eu mal tinha ouvido falar até lá ir), a verdade é que já tem mais de um ano de existência.

 

o-quintal.jpg

 

A partilha está na génese desta família e não poderia deixar de fazer também parte deste espaço, pensado e criado para se assemelhar a uma casa. A sala principal do espaço era o antigo quintal daquela casa, daí que não quisessem sequer mudar o nome original do restaurante. E se a ideia é partilhar, quem sou eu para contrariar? Logo eu, que gosto pouco de experimentar pratos diferentes numa só refeição.

 

Couvert tem um pouco de todos os sabores portugueses, sem ser demasiado nem enjoar. Um cestinho amoroso com vários tipos de pão (o que era a mesa de uma casa sem ele?), manteiga aromatizada, queijo de vaca curado e compota de ananás, azeitonas e cenouras à algarvia. Para acompanhar, um Welcome Drink delicioso e natural: para uns sumo de meloa, para outros de pêssego ou laranja.

 

o-quintal-couvert.jpg

o-quintal-couvert-1.jpg

o-quintal-welcome-drink.jpg

 

O resto do jantar foi exactamente como era suposto: tranquilo, sem pressas, com um bocadinho daqui e um bocadinho dali. Tive a oportunidade de experimentar várias delícias, como o Queijinho de Ovelha Gratinado com Orégãos, o Tártaro de Salmão e os Ovos Mexidos com Farinheira e Maçã Verde. Confesso que estes três petiscos estão na lista daqueles de que mais gostei - sobretudo os ovos, já que a maçã lhes confere um toque de frescura tão diferente do habitual.

 

o-quintal-queijinho-derretido.jpg

o-quintal-tartaro-salmao.jpg

o-quintal-ovos-farinheira.jpg

 

Houve ainda a oportunidade de experimentar duas das novas delícias da carta renovada d’O Quintal. Primeiro chegaram os Ovos Rotos, que são desfeitos à nossa frente e devem ser comidos o mais depressa possível, para que não se perca a cremosidade da gema. Mas confesso que a minha preferência vai para os Estaladiços de Alheira com Grelos e Molho Agridoce, perfeitos em tudo!

 

o-quintal-ovos-rotos.jpg

o-quintal-estaladicos-alheira.jpg

 

Para compor a mesa (e os estômagos) não poderiam faltar as Gambas a la Guillo (dica: usem o pão para aproveitar o molho, que é delicioso), o Tataki de Novilho e as ma-ra-vi-lho-sas Chips de Batata Doce. Posso ou não ter roubado algumas ao outro lado da mesa, nunca saberão.

 

o-quintal-gambas-al-guillo.jpg

o-quintal-tataki-novilho.jpg

o-quintal-chips-batata-doce.jpg

 

O golpe final é de mestre. E porquê, perguntam vocês? Porque quando nos trazem todas as sobremesas disponíveis num tabuleiro para nos mostrarem o que têm, fica impossível não escolher pelo menos uma. Eu não resisti ao Bolo de Chocolate Cremoso, com consistência de brownie na base e quase mousse em cima. O Banoffee e o Cheesecake também mereceram rasgados elogios, mas eu não trocava o meu bolo por nada.

 

o-quintal-bolo-chocolate.jpg

 

E sabem o que é que eu também não trocava e - aliás - gostava até que fosse mais frequente? A forma carinhosa, atenciosa e simpática de receber pessoas com que todo o staff d’O Quintal me presenteou. Está visto vou ter que passar mais vezes pela Amadora, porque tenho a certeza de que vou ser bem acolhida.

 

Já tinham ouvido falar deste restaurante? Que petisco vos ficou debaixo de olho? Quero saber tudo!

 

O Quintal Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

2 comentários

Comentar post