Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Hanaya Chiado: sushi de fusão

Acho que já vos tinha dito que achava que não gostava assim tanto de sushi de fusão até experimentar restaurantes realmente bons, que sabem o que estão a fazer. Na senda que encontrar bons sítios para comer sushi de fusão, dei por mim no Hanaya Chiado. Já lá tinha passado muitas vezes à porta e nunca tinha percebido muito bem que tipo de comida se serve ali.

 

hanaya-chiado-1.jpg

 

Por estar inserido numa zona histórica, o Hanaya Chiado não pode diferenciar-se na fachada, então apostou todas as fichas na decoração interior. Diz quem conhece o primeiro Hanaya, no Lumiar, que há elementos comuns no espaço, mas que aqui se optou por criar uma identidade própria. É sóbrio e ao mesmo tempo confortável, está numa das partes mais movimentadas da cidade e, ao mesmo tempo, consegue criar um ambiente relaxado.

 

hanaya-chiado.jpg

 

Já a carta é exactamente igual ao do restaurante do Lumiar, mas como eu não o conhecia foi tudo novidade para mim. Começámos pelo ex-libris da casa - a fusão - e deliciámo-nos com um Ebi Crispy (base de arroz envolvida em furicake, maionese japonesa, camarão crocante e molho sweet chilli), com um Hot Strawberry (hosomaki de salmão e queijo creme de morango regado com molho teriyaki) e com um Ceviche de três peixes com frutas. Gostei de todas, mas a segunda foi a mais inusitada - e, por isso, a minha favorita.

 

hanaya-chiado-ebi-crispy.jpg

hanaya-chiado-hot-strawberry.jpg

hanaya-chiado-ceviche.jpg

 

Depois fizemos uma incursão pelas opções tradicionais da carta, com um Combinado de Sushi e Sashimi com todas as peças a que temos direito. Estava tudo muito bem confeccionado, mas obviamente não tão surpreendente quanto a fusão.

 

hanaya-chiado-combinado-sushi-sashimi-1.jpg

hanaya-chiado-combinado-sushi-sashimi.jpg

 

E foi por isso que, antes de chegarmos às sobremesas, tivemos que voltar às combinações mais inesperadas. A Tempura de Camarão de Casca Mole era muito boa, mas as melhores peças da noite foram, sem dúvida, os Gunkans. Provámos o Gunkan de Salmão e o Gunkan Tuga, com atum, ovo de codorniz e azeite de trufa. E, minha gente, acreditem: esta peça elevou o jantar a outro patamar. Foi pensada, criada e recriada até ficar perfeitamente semelhante a um bitoque. Até o pormenor das pedrinhas de sal no ovo tem, imaginem só.

 

hanaya-chiado-gunkans.jpg

hanaya-chiado-tempura-camarao-casca-mole.jpg

 

Terminada esta viagem por estes sabores tão fortes e diferentes, soube bem terminar a refeição com a frescura e simplicidade dos Gelados de Matcha e Sésamo. Eu normalmente seria mais exigente com esta parte, mas confesso que foi perfeito assim.

 

hanaya-chiado-gelado-matcha.jpg

hanaya-chiado-gelado-sesamo.jpg

 

Acho que ficou mais ou menos acordado, embora não tenha sido dito em voz alta, que haveremos de regressar para explorar ainda melhor a parte do menu dedicada à fusão, porque opções não faltam. Até lá, deixo-vos a questão: que outros sushis de fusão me aconselham?

 

Hanaya Chiado Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

3 comentários

Comentar post