Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Feira do Livro: as minhas compras deste ano

Se no ano passado fui mais à Feira do Livro para passear e aproveitar o bom tempo, nesta edição criei um plano de ataque com um objectivo claro: aproveitar ao máximo os Livros do Dia. Já vos tinha falado desta iniciativa aqui pelo blog, mas basicamente todos os dias as editoras escolhem um ou mais livros, que ficam ainda mais baratos do que ao preço normal da feira.

 

compras-feira-do-livro.jpg

 

Aproveitar a Hora H é também uma excelente forma de conseguir ainda mais descontos nos livros. Este ano decorreu mais cedo -  das 21h às 22h, de segunda a quinta (excepto feriados). Como não gosto muito de confusão, preferi antes consultar quais os livros do dia no site assim que a feira abriu, para decidir em que dias iria lá. Conclusão: este ano passeei menos e comprei mais. E como hoje é o último dia, venho mostrar-vos as minhas aquisições.

 

Os Interessantes, Meg Wolitzer (24,90€ 14,90€)

Há muito tempo que andava para comprar este livro, mas nunca tinha encontrado uma promoção boa e foi caindo no esquecimento. Ao ler a sinopse lembrei-me logo do A Little Life, por contar também a história de um grupo de amigos e de os acompanhar ao longo de várias décadas. Fala das expectativas que criamos relativamente ao futuro e da forma como reagimos quando conseguimos (ou não) chegar onde queríamos.

 

os-interessantes-meg-wolitzer.jpg

 

 

Americanah, Chiamando Negozi Adichie (24,90€ 14,90€)

Depois de vos ter falado do ensaio Todos Devemos Ser Feministas desta autora, aproveitei as vossas sugestões e aproveitei o desconto grande neste livro. Nas suas 720 páginas conta a história de dois adolescentes nigerianos que se apaixonam, mas são forçados a abandonar o país e a separar-se como consequência. Como é apanágio da autora, esta obra está repleta de reflexões sobre temas como a emigração e as questões raciais.

 

americanah-chimamanda-ngozi-adichie.jpg 

 

Que Importa a Fúria do Mar, Ana Margarida de Carvalho (15,90€ 9,50€)

Passei por este livro há alguns anos na livraria do El Corte Inglés e apontei-o na minha lista de livros para ler um dia. Decidi riscá-lo da lista quando vi que seria Livro do Dia nesta edição da feira. Vencedor do Prémio Leya em 2012, o enredo passa-se na altura do Estado Novo e foi por isso que me chamou logo a atenção.

 

que-importa-a-furia-do-mar-ana-margarida-carvalho.

 

 

A Morte do Pai. A Minha Luta: 1, Karl Ove Knausgård (22€ 13€)

Uma das inevitabilidade dos meus workshops é que acabamos sempre a falar de livros e a recomendar leituras uns aos outros. Esta colecção do Knausgård foi tema de conversa no último workshop de nível I e fiquei logo de pulga atrás da orelha. São seis livros e em todos eles o autor conta a sua vida de forma crua - o que, aparentemente, já lhe valeu algumas zangas com amigos e familiares.

 

a-morte-do-pai-knausgard.jpg

 

 

1Q84 (Livro 3), Haruki Murakami (18,80€ 11,30€)

Uma Feira do Livro não conta se eu não comprar pelo menos um livro do meu querido Murakami. Curiosamente estou agora a ler o primeiro livro desta trilogia, que comprei na edição do ano passado. Aproveitei para completar a colecção e planeio lê-los de seguida. Já ouvi opiniões contraditórias - como é comum acontecer com este autor -, mas até agora estou a gostar bastante. No ano de 1Q84 as coisas não são bem o que parecem e só esta premissa já é cativante.

 

1q84-haruki-murakami.jpg

 

  

Gabriela, Cravo e Canela, Jorge Amado (19,90€ 11,90€)

A história desta mulata não é novidade para ninguém, sobretudo depois de ter sido retratada em telenovelas e filmes. Mas a escrita de Jorge Amado é tudo de bom nesta vida - Capitães da Areia é e será sempre um dos meus favoritos -, por isso decidi que era hora de trazer o livro comigo. Vamos ver a que velocidade o devoro!

 

gabriela-cravo-canela-jorge-amado.jpg

 

 

Contas feitas, comprei estes seis livros por 75,50€ em vez de 126,40. É claro que nem sempre compensa comprar na Feira do Livro em comparação com o meu querido Book Depository, sobretudo se preferirmos ler em inglês. Mas como estes descontos foram mesmo muito bons e eu gosto de ver as banquinhas todas e do acto de comprar livros, decidi fazer este investimento. E como só há uma edição da Feira do Livro por ano, mais vale aproveitá-la bem.

 

O que acham destas minhas aquisições? Quais destes já leram e que opinião têm? E como foram as vossas compras nesta 88ª edição da Feira do Livro? Contem-me tudo nos comentários!

11 comentários

Comentar post