Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Ter | 12.10.21

Costa Amalfitana // Dia 3: Marina di Puolo e Bagni Regina Giovanna

Já estavam com saudades de ver as paisagens da Costa Amalfitana aqui no blog? Não se preocupem, conforme prometido chegou a hora de vos falar de alguns locais mais perto de Sorrento, onde ficámos alojadas durante grande parte da viagem. Se ainda não leram os primeiros dois posts, sugiro uma paragem rápida por lá antes de avançarem neste. Existe um post sobre o que saber antes de ir e a visita a Maiori, Minori e Ravello, bem como um post sobre Amalfi, Fiordo di Furore e Positano. 

 

costa-amalfitana-cover.jpg

 

No terceiro dia quisemos explorar uma zona menos conhecida da península e a ideia era fazer essencialmente praia. Inicialmente procurámos o caminho para a Cala di Mitigliano, mas só o acesso pago é que parecia minimamente seguro de percorrer e acabámos por deixar passar. De seguida fomos à descoberta da Marina di Puolo, uma zona de praia com umas casinhas à volta. 

 

costa-amalfitana-gato.jpg

marina-di-puolo.JPG

[a fotografia analógica é da Márcia 🍋]

 

Embora seja preciso descer bastante até à praia, o acesso foi bastante mais simples: há um parque de estacionamento onde podem deixar o carro e depois é só caminhar um pouco até à praia – à semelhança do nosso Portinho da Arrábida, na realidade. A praia não é muito grande, mas é bastante agradável e dá para passar uma horinha ou outra tranquilamente. Ainda por cima há gatinhos a passear pelo areal, por isso podem calcular que para mim estavam reunidas todas as condições. 

 

Acabámos por almoçar num dos bares da Marina e partimos para a outra paragem do dia: Bagni della Regina Giovanna, que foi um dos meus sítios preferidos de toda a viagem. Não se enganem: também é preciso descer cerca de dez minutos a pé antes de lá chegar, mas vale todos os passos. Esta piscina natural fica no meio das rochas, bem perto das ruínas de uma antiga villa romana. A água estava óptima e bem transparente, só tive pena de ter começado a ficar nublado e meio mau tempo depois de termos mergulhado. Este é mais um dos locais em que compensa levar chinelos próprios para as rochas, caso contrário podem magoar-se. 

 

bagni-regina-giovanna.jpg

 

Bem sei que não parece um dia muito preenchido, mas foi premeditado: queríamos ter um dia mais de praia e sol antes de explorarmos outro ponto imperdível da zona – a ilha de Capri. Mas sobre isso falo-vos no próximo (e último) post sobre a viagem. Até lá, há alguma coisa que gostavam que esclarecesse ou contasse melhor? Deixem as vossas questões ali em baixo. 👇

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.