Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Córdoba // 5 coisas para fazer

Assim que percebemos que iriamos até Sevilha de carro, veio-me logo à cabeça a ideia de ir até Granada para visitar a Alhambra - uma entrada na minha bucket list que quero muito cumprir. Eu não sabia, mas aparentemente é preciso reservar entrada online para garantirmos a entrada neste monumento. Só que, quando fomos tentar fazê-lo, percebemos que o mês de Outubro estava praticamente cheio.

 

cordoba-patio.jpg

 

Não me fazia muito sentido ir a Granada sem poder ir à Alhambra, por isso invertemos os planos e fomos antes até Córdoba. Ia sem grandes expectativas, confesso, mas poucas horas nesta cidade bastaram para perceber porque é que tanta gente me tinha recomendado até lá. É certo que não passei lá muito tempo, mas consegui reunir pelo menos cinco coisas que vale a pena fazer.

 

Almoçar no La Boca

É o-bri-ga-tó-ri-o comer neste restaurante. Chegámos a Córdoba por volta da hora de almoço (é cerca de 1h30 de caminho até lá), por isso fomos direitinhos a este sítio. Vi-o recomendado nalguns blogs e, de facto, merece todo o destaque que lhe dão. O menu é pequeno, mas a ideia - como quase sempre em Espanha - é partilhar. Cheios de entusiasmo, pedimos mais coisas do que as que íamos conseguir comer e o empregado foi super simpático e avisou-nos logo disso.

 

cordoba-la-boca.jpg

 

Só comemos coisas boas, mas houve três que de destacaram: os Pintxos de Bacalhau, o Hambúrguer de Tártaro (ainda hoje sonho com ele) e o Cheesecake de Frutos Vermelhos que pedimos de sobremesa. Confere: o La Boca é mesmo um restaurante a ter em conta numa ida à Andaluzia.

 

cordoba-la-boca-hamburguer.jpg

cordoba-la-boca-pintxos.jpg

 

 

Ver a Mesquita

À semelhança da Catedral de Sevilha, a Mesquita de Córdoba foi sendo construída com influências interessantes da cultura islâmica e da cultura cristã. Houve, aliás, momentos em que Córdoba superou Bagdad como potência do Império Islâmico, portanto podem calcular a importância deste local. O edifício é lindíssimo, algo que percebemos mal entramos nos jardins, mas que supera quaisquer expectativas quando entramos.

 

cordoba-mesquita-1.jpg

cordoba-mesquita-2.jpg

cordoba-mesquita-3.jpg

cordoba-mesquita.jpg

 

 

Calleja de las Flores

Esta ruela que liga o movimento da cidade a um pequeno pátio poderia passar despercebida, não fosse já considerada uma das atracções de Córdoba. É uma passagem muito estreita (no máximo passam duas pessoas em cada sentido), mas com a particularidade de ter as paredes forradas a vasos com plantas e flores. Vale a pena olhar para trás assim que chegamos ao pátio, para ver a forma como a torre da mesquita se insere na paisagem.

 

cordoba-rua-flores.jpg

 

 

Passear junto ao Alcázar

Tive pena de não entrar no Alcázar de los Reyes Cristianos, mas estávamos com pouco tempo. Se por fora já me pareceu lindíssimo, imagino como será passear pelos claustros e jardins deste local. Seja como for, só um passeio junto à entrada já se torna bastante agradável como plano para o fim de tarde.

 

 

Vaguear pelas ruas e becos

Uma das coisas que mais gostei em Córdoba foi o facto de encontrar sempre edifícios, ruelas e praças lindíssimas enquanto andava sem rumo definido. Tal como em Sevilha, a arquitectura é uma mistura interessante de várias influências e esse contraste é lindíssimo de observar. Mais uma vez, é como vos digo: o melhor mesmo é perderem-se por ali.

 

cordoba-patio-1.jpg

cordoba-patio-2.jpg

cordoba-rua-1.jpg

cordoba-rua-2.jpg

cordoba-rua.jpg

 

Quem desse lado já conhecia Córdoba? E à Alhambra, em Granada, quem já conseguiu ir? Contem-me tudo nos comentários!

4 comentários

Comentar post