Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Brunch // Kafeine

No final da semana passada, assim de repente, fui atingida por uma gripe que deitou os planos para o fim-de-semana por água abaixo. Aliás, de tudo aquilo que tinha pensado fazer, apenas uma coisa se manteve - ir até à Avenida da Liberdade do domingo de manhã para conhecer o Kafeine, um dos novos sítios cool da cidade. 

 

kafeine-1.jpg

 

Pode ser difícil dar com este espaço, afinal fica no piso -1 do Tivoli Forum, mesmo por baixo da Gucci. E se vou a este detalhe para vos explicar a localização é porque tenho dois bons motivos para o fazer. O primeiro tem a ver com uma das paredes - é que o Kafeine aproveitou mesmo um espaço que costumava pertencer à loja de luxo e, por isso, decidiram manter parte do seu ambiente original.

 

kafeine.jpg

 

Para vos explicar melhor o segundo motivo, vão ter que ficar por aí (a babar) enquanto vos conto o maravilhoso brunch que fiz neste sítio. Começamos pela parte que agrada a toda a gente - o preço. Para um menu de brunch de inclui uma torrada à escolha com ovos, uma panqueca, um iogurte com granola, uma bebida e um café, 13€ é um excelente preço. Nós nem olhámos para mais nada e pedimos um menu para cada um.

 

Começámos de forma bastante leve com o Iogurte com Fruta e Granola, que vinha com a dose certa de mel para adoçar sem enjoar.

 

kafeine-iogurte-granola.jpg

 

Há várias opções de tostas e, em cada uma, é possível escolher como queremos que o ovo seja cozinhado. Fiquei fã desta flexibilidade, já que a maioria dos sítios tem a mania dos ovos escalfados e eu, confesso, não sou muito fã. Aqui pude pedir que a minha tosta Avocato Smash (pão multigrãos, abacate, queijo de cabra fresco, tomate cereja, sementes de sésamo, limão e salada) viesse com ovos mexidos e o Guilherme fez a mesma escolha, mas com a tosta Grav Lox (pão multigrãos, salmão fumado, abacate, molho holandês, aneto, cebola roxa, limão e salada). 

 

kafeine-avocato-smash.jpg

kafeine-tosta-grav-lox.jpg

 

As Panquecas vêm no fim, para terminar o brunch em beleza - não só porque são doces, mas sobretudo porque são mesmo muito boas. Vem apenas uma porque é alta, crocante por fora, fofa e húmida por dentro. Na minha opinião, são uma versão ainda mais bem conseguida das do Nicolau Lisboa. Trazem sempre fruta e sementes, mas depois é possível escolher se queremos topping de chocolate, maple syrup ou mel. Fomos ambos para este último e não nos arrependemos.

 

kafeine-panquecas.jpg

 

Antes de regressar a casa para curar esta gripe de vez (espero eu!) ainda nos serviram um café expresso feito com um grão mais pequeno do que o habitual - que vem directamente do Brasil e que é preparado com meia torra. Isto resulta num café mais cítrico ao início, mas que deixa um gosto a caramelo na garganta depois. Garanto-vos, é mesmo assim como o descrevo.

 

Já perceberam, não é? É este o segundo motivo pelo qual quero garantir que sabem exactamente onde se situa o Kafeine. Porque mesmo que não esteja logo à vista de quem passa pela avenida, este espacinho vale bem a pena a visita pela qualidade da comida e pela simpatia de quem nos atende. Eu fiquei com vontade de voltar para provar a comida fora do momento brunch (vim uns tacos com um aspecto incrível a passar para a mesa do lado). E vocês, ficaram com curiosidade de conhecer o Kafeine?

 

Kafeine Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

2 comentários

Comentar post