Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Ter | 05.03.19

Argentina // El Calafate

Depois de quatro dias na enorme e vibrante Buenos Aires, foi altura de apanhar um avião interno até El Calafate, uma pequena cidade na província de Santa Cruz. Se há coisa que recomendo para explorar a Argentina em pouco tempo, é apostarem nas ligações aéreas internas - se marcadas com antecedência podem ser bastante em conta e poupam-vos imenso tempo.

 

el-calafate-perito-moreno-1.jpg

 

Embora seja uma cidadezinha muito engraçada, com vistas incríveis para o Lago Argentino, a verdade é que para além de uma rua principal e a Laguna Nimez, onde podem observar uma série de espécies de pássaros da região (incluindo flamingos), não há assim grande coisa para ver. Mas é um ponto estratégico a visitar porque El Calafate permite-vos facilmente conhecer a zona sul do Parque Nacional Los Glaciares.

 

E porque é que devem ir a esta parte da Patagónia? Por causa de uma coisa chamada Glaciar Perito Moreno, que é muito mais do que um simples glaciar. A primeira razão que o torna tão especial é o facto de, ao contrário de todos os outros, não estar a desaparecer de dia para dia fruto do aquecimento global. Pelo contrário, o Perito Moreno cresce até três metros por dia - mesmo estando nós numa altura de recessão de gelo.

 

Para terem uma pequena noção, o Perito Moreno ocupa uma área de 250km2, tendo 30km de comprimento e 5 de largura - existe gelo até onde a vista alcança.

 

el-calafate-perito-moreno-2.jpg

el-calafate-perito-moreno-min.jpg

 

Já vos convenci? Então saibam que, a partir de El Calafate é muito fácil chegar à entrada do Parque Nacional Los Glaciares e, daí, demoram poucos minutos a chegar até ao glaciar. Há várias excursões que vos levam da porta do vosso alojamento até lá, mas em quase todas elas o bilhete de entrada no parque é pago à parte, por isso levem dinheiro convosco. Se preferirem, também podem pagar apenas um transfer ou táxi para vos levar ao parque e seguir à aventura sozinhos a partir daí.

 

el-calafate-perito-moreno-3-min.jpg

 

Uma vez dentro do parque, têm três formas diferentes de conhecer esta gigantesca massa de gelo:

 

1. Passeio de barco. Dura cerca de 1h e leva-nos a ver a parede esquerda do glaciar, que não conseguem observar completamente de outra forma. Não tínhamos planeado entrar no barco, mas ainda havia uns lugares e aproveitámos. Sinto que só quando nos aproximámos do glaciar de barco é que eu tive real noção da altura desta maravilha, por isso recomendo que o façam apesar de ser um bocado caro.

 

2. Passadiços de madeira. Há vários percursos que nos mostram diferentes lados do glaciar. É a forma mais tradicional de o conhecer, mas também é aqui que mais facilmente observam o fenómeno de queda de algumas massas de gelo. É um fenómeno bastante normal, que acontece pela acção que a água faz no gelo, criando pequenos túneis que fragilizam as partes já de si mais frágeis do glaciar. É comum ouvir-se um barulho de derrocada e ver-se partes do glaciar a desmoronar-se. É bonito e impressionante.

 

3. Trekking no gelo. Infelizmente não passámos por esta experiência porque, depois de alguma pesquisa, decidimos passar apenas este dia em El Calafate e partir no dia seguinte para El Chaltén, a capital argentina do trekking. Fiquei com muita pena, por isso considerem também esta experiência numa ida a este lado da Patagónia - há pelo menos dois tipos de percursos que podem fazer.

 

el-calafate-perito-moreno-4.jpg

 

O Glaciar Perito Moreno já foi considerada a oitava maravilha do mundo e, depois de ter estado lá, consigo dizer-vos com toda a certeza que não é uma classificação nada descabida. É tão imponente e bonito, que nos faz sentir mínimos e um bocadinho insignificantes, por isso é uma boa experiência para pôr algumas coisas em perspectiva. Ao mesmo tempo, é um símbolo de força e resistência por ser dos poucos glaciares que resiste aos efeitos do aquecimento global.

 

Digo-vos que é um dos pontos obrigatórios a conhecer neste mundo e, se não estava na vossa bucket list, espero que tenha passado a estar. Já tinham ouvido falar este sítio incrível?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.