Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Ter | 27.02.24

A Cicatriz, Maria Francisca Gama

Tenho a sorte de poder estar próxima de escritoras incríveis, algumas das quais posso chamar de amigas, e a Maria Francisca Gama é uma delas. Posto este disclaimer inicial, quero que saibam que eu diria exatamente as mesmas coisas sobre o seu mais recente livro, A Cicatriz, caso não nos conhecêssemos. Mais uma vez, fui uma sortuda porque tive a oportunidade de o ler ainda antes de ser publicado e devo dizer-vos que me apaixonei por esta história e pela forma como está contada.

 

a-cicatriz-maria-francisca-gama.JPG

 

Um casal jovem vai de férias para o Rio de Janeiro e tudo parece correr bem: estão apaixonados e toda a gente sabe que, quando estamos nesse estado, nada de mal nos pode acontecer. Os dias passados na cidade brasileira são pautados pela felicidade e pela descontração típica de quem viaja — mesmo que para um sítio que nem sempre é seguro. Numa das últimas noites das férias, depois de um jantar fora, regressam ao hotel e ficam na dúvida: deverão ir pela esquerda ou pela direita? E uma decisão aparentemente tão insignificante acaba por deixar uma cicatriz enorme na sua relação.

 

Éramos felizes, verdadeiros camaradas e a âncora um do outro. Um dia o nosso barco afundou-se e nenhum dos objetos que éramos nos salvou.

 

Sabemos desde o início que algo correu mal e a Maria Francisca vai-nos levando pelas férias desde casal com essa desgraça iminente subentendida nas palavras, mas nem por isso deixa de nos descrever o Rio de Janeiro como uma cidade incrível, cheia de coisas bonitas e de pessoas boas. Gostei mesmo da forma como conseguiu casar estas duas sensações num só livro, bem como da homenagem que vai fazendo a diferentes autores brasileiros.

 

É um livro curto e lê-se num sopro, mas isso não significa que se deva partir para a leitura de ânimo leve. De qualquer das formas, se gostam de livros intensos e que nos levam a considerar as pequeninas decisões que tomamos no dia a dia, então A Cicatriz tem mesmo de estar na vossa lista! Se quiserem ouvir-nos falar sobre este livro (e sobre tantas outras coisas) podem ouvir o podcast que a Francisca criou para o lançamento do livro — tem apenas três episódios, mas dá alguma visibilidade acerca do processo e das motivações para a escrita.

 

Quem já leu? O que acharam?