Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

08.11.22

Coraline, Neil Gaiman

Rita da Nova
Recentemente, o Guilherme convenceu-me a ver a série The Sandman, inspirada numa banda desenhada de Neil Gaiman — embora não pareça o meu género de série, adorei a experiência e fiquei fascinada com o imaginário que Neil Gaiman construiu. Curiosa por entrar um pouco mais na sua forma de ver o mundo, decidi trazer o livro Coraline de Nova Iorque.     Aposto que a maioria de vós conhece a adaptação para filme em stop motion — eu vi-o há uns anos, logo quando saiu, e já (...)
04.11.22

My Wife Said You May Want to Marry Me, Jason B. Rosenthal

Rita da Nova
“Acho que este é o livro mais deprimente que já ouviste”, disse-me o Guilherme numa viagem de carro em que eu estava a ouvir My Wife Said You May Want to Marry Me, de Jason B. Rosenthal. Mas como eu leio essencialmente coisas que poderiam ser entendidas como profundamente tristes ou deprimentes, venho dizer-vos porque é que esta é, ainda assim, muito bonita.     Em Março de 2017, Amy Krouse Rosenthal escreveu um artigo para a coluna Modern Love do NY Times — intitulava-se You May Want to Marry My Husband (...)
28.10.22

Elektra, Jennifer Saint

Rita da Nova
Depois de uma pequena pausa nas leituras relacionadas com mitologia — e depois de ter ouvido Pandora’s Jar de Natalie Haynes —, achei que estava na altura de, finalmente, pegar em Elektra de Jennifer Saint. Já tinha lido Ariadne, da mesma autora, e tinha adorado. Ia com as expectativas elevadas para este livro e devo dizer que, apesar de ter sido uma boa leitura, não me chegou ao coração como outros recontos.     Gostei de conhecer mais sobre Elektra, mas gostei ainda mais que (...)