Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

12.11.19

Marrocos // Chefchaouen

Rita da Nova
Chefchaouen, a pérola azul de Marrocos, foi a nossa primeira paragem a sério na viagem. Voámos de Lisboa para Tânger e, de lá, apanhámos um autocarro para Chefchaouen - uma viagem que demora cerca de 3h e é bastante confortável. Chegámos à cidade um pouco depois da hora de almoço e foi o suficiente para explorar as ruas da Medina e os souks.     Fomos directos à Place Outa el-Hammam, que é basicamente a principal praça da cidade. Nos poucos minutos que demorou o caminho (...)
11.11.19

Os livros da Rita // The Color Purple, Alice Walker

Rita da Nova
O The Color Purple da Alice Walker esteve na minha lista de livros a ler durante imensos anos, bem como o filme (que ficou pendente porque queria ter a experiência de leitura primeiro). Comprei-o na Strand Book Store na nossa maravilhosa ida a Nova Iorque, mas só agora decidi lê-lo a propósito do tema de Novembro d’Uma Dúzia de Livros - um livro colorido.     Quem conhece a história saberá que não é a coisa mais colorida do mundo, mas o título remete-nos para tal e eu achei (...)
08.11.19

Marrocos // O que saber

Rita da Nova
Agora que passou quase uma semana desde o regresso de Marrocos, chegou finalmente a altura de vos falar um pouco da viagem. Como já tinha tido oportunidade de partilhar convosco, não era um destino que eu quisesse muito conhecer, mas foi a melhor possibilidade dentro das condições que tínhamos estabelecido - só tínhamos uma semana de férias, não queríamos gastar muito dinheiro e procurávamos essencialmente ter um choque cultural.     E, nesse sentido, Marrocos foi o local (...)
07.11.19

Restaurantes // O Beco

Rita da Nova
Jantar fora na semana da Websummit é sempre um desafio porque até nos restaurantes mais escondidos há imensa gente. Eu sei o que estou a dizer, que eu fui jantar ao Beco - em Alfama - e estava um grupo grande lá. O nome faz jus ao local: o restaurante fica, de facto, num beco e é muito pequenino e acolhedor. Mesmo com a casa cheia, foi possível ter um jantar descansado. (...)