Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

Qua | 27.12.17

Palavras Cruzadas // O maior susto da minha vida

Antes de namorar com o Guilherme, eu não era pessoa de ver séries. Ainda hoje tenho alguma dificuldade em prestar atenção a episódios que durem mais do que 30 minutos, a não ser que esteja mesmo muito envolvida na história. Acho que isto acontece porque prefiro, desde sempre, criar os meus próprios universos, dar largas à imaginação para criar personagens e narrativas a seu gosto. Escrever e ler livros sempre foram as minhas formas favoritas de entretenimento; as séries e os filmes foram ficando para segundo plano porque sentia que já estava tudo construído à partida. É a diferença entre participar na história e consumir algo que já não pode ser mudado.

 

Agora já tolero algumas e vejo outras com muito interesse, mas independentemente do grau de ligação que tenho à série, há sempre uma coisa que acontece: adormeço a meio dos episódios. Sim, eu sei, pelo menos metade das pessoas que lerem isto vão achar que é um crime eu existir. É claro que não adormeço logo a meio do primeiro episódio que vemos, normalmente é só quando já estamos no segundo - em dias bons, no terceiro.

 

adormecer-series.jpg

 

Ler mais )