Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

18.07.24

The Lamplighters, Emma Stonex

Rita da Nova
Há algum tempo que não lia um livro com uma envolvência mais de mistério, a roçar o thriller sem o ser realmente. The Lamplighters (PT: Os Guardiões do Farol), de Emma Stonex, veio ocupar esse espaço e fez-me companhia durante uns dias de descanso em família, à beira de uma piscina, e posso dizer que fiquei presa à história do início ao fim.     Em 1900, três faroleiros desapareceram na ilha remota de Eilean Mòr, na Escócia, e esse evento inspirou a autora a escrever um (...)
12.07.24

Vemo-nos em Agosto, Gabriel García Márquez

Rita da Nova
Estive sempre na dúvida sobre se leria ou não Vemo-nos em Agosto, de Gabriel García Márquez, um livro editado postumamente pelos filhos do autor. Quando saíram as notícias do lançamento, li que Gabo não queria que este livro fosse publicado como estava e senti que a aposta de o pôr na mesma no mundo era uma traição aos desejos dele. Mas depois pensei que é raro termos esta possibilidade de continuar a ler coisas novas de autores falecidos e decidi arriscar.     Vemo-nos em Agosto (...)
11.07.24

Soldier Sailor, Claire Kilroy

Rita da Nova
Estes últimos meses estão a trazer-me várias leituras que prometem afirmar-se como favoritas do ano e, quem sabe, da vida. É o caso de Soldier Sailor, de Claire Kilroy, um dos nomeados ao Women’s Prize for Fiction — um prémio que costumo acompanhar de perto e que, por norma, me traz sempre boas leituras. Assim que li a sinopse deste livro soube que iria adorar e ainda bem que não me desiludi.     Soldier Sailoré uma carta de uma mãe (Soldier) para o seu filho (Sailor) sobre (...)
09.07.24

Autobiografia Não Autorizada 2, Dulce Maria Cardoso

Rita da Nova
Há algum tempo que não lia nada de Dulce Maria Cardoso, embora este livro já estivesse no meu planeamento de leituras desde Abril. Ainda assim, quando chegava a altura de lhe pegar, perdia a vontade de ler crónicas e passava-o para o mês seguinte. Mas acabou finalmente essa coisa de empurrar Autobiografia Não Autorizada 2 para a frente: está terminado e, como sempre, gostei muito de ler a autora.     Eu já tinha lido o primeiro volume desta Autobiografia Não Autorizada (...)