Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

24.06.21

Uma Dúzia de Livros // Julho: um livro passado na tua cidade favorita

Rita da Nova
Ora aqui está mais um tema d’Uma Dúzia de Livros, o primeiro do ano assim mais a puxar ao Verão e às leituras na praia ou piscina – tenho de admitir que são as minhas favoritas, a par das de Inverno com uma manta e chás. Sou uma pessoa de extremos, o que é que se pode fazer?      Quando idealizei o desafio deste ano e os temais mensais, estava à espera que a esta altura já pudéssemos viajar com um pouco mais de segurança e confiança, mas pelos vistos a coisa complica e (...)
22.06.21

Someone Who Will Love You in All Your Damaged Glory, Raphael Bob-Waksberg

Rita da Nova
Se leram os meus posts sobre as melhores coisas de 2020, certamente que se cruzaram com aquilo que escrevi sobre BoJack Horseman –  série que vai ficar gravada no meu coraçãozinho para sempre. Por isso, quando me falaram do primeiro livro escrito por Raphael Bob-Waksberg, criador da série, tive logo que o arranjar no Kobo.      Someone Who Will Love You in All Your Damaged Glory é um conjunto de contos, crónicas e textos avulsos, que partilham um tema geral – a maneira como (...)
16.06.21

Writers & Lovers, Lily King 

Rita da Nova
Alguém me explica porque é que Writers & Lovers, de Lily King, não é tão falado quanto devia? Não me lembro de ver muitas reviews por aí e surgiu-me poucas vezes como recomendação no TikTok. Depois de mo terem recomendado directamente (obrigada, Joana!) e de ter gostado tanto, entendam este post como a minha missão pessoal para espalhar a palavra sobre este livro.      Casey é uma rapariga de trinta anos e há seis que anda a escrever um livro. Enquanto tenta conjugar a (...)
15.06.21

My Sister, the Serial Killer, Oyinkan Braithwaite

Rita da Nova
Quem tem irmãos vai, certamente, compreender aquilo que estou a dizer – sabem aquela fina linha que separa o amor incondicional do ódio profundo entre irmãos? Aquela vontade de os estrangular, ao mesmo tempo que os abraçamos? My Sister, the Serial Killer, de Oyinkan Braithwaite, conseguiu capturar tão bem a essência deste tipo de relações, que me prendeu do início ao fim.      Korede é a irmã mais velha e sempre se habitou a ter que resolver os problemas de Ayoola – das (...)