Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Vitoria & Abdul, uma bonita história de amizade

VITORIAEABDUL-POST.png

(foto da STW)

 

 

Uma das coisas que me deixa mais feliz com a chegada do tempo mais frio - além das mantas, das camisolas quentinhas e de ouvir a chuva lá fora - é a possibilidade (ou necessidade?) de beber chá a toda a hora. Bebo litros de chá de Outubro a Maio e esta semana descobri que é a segunda bebida mais consumida no mundo a seguir à água. Descobri esta curiosidade e não só, já que fui convidada pela Spread The Word e pelos cinemas NOS a assistir a uma sessão exclusiva do time Vitoria & Abdul.

 

vitoria-abdul-filme.jpg

 

Confesso que, quando vi o cartaz, achei imediatamente que não era para mim, uma vez que não sou a maior fã de filmes de época. Depois de ver o trailer fiquei um bocadinho mais convencida e anteontem percebi que estava redondamente enganada. O filme conta a história - inspirada em factos reais e desconhecidos até há pouco tempo - da relação de amizade entre a Rainha Vitoria e de Abdul, um indiano que é levado para o Reino Unido para entregar um presente à monarca.

 

Para além de todas as paisagens maravilhosas do filme, que me fizeram regressar à Escócia e viajar pela Índia, surpreendeu-me a mensagem bonita do filme. Numa altura em que andamos todos de costas voltas, em que perdemos a paciência uns com os outros por dá-cá-aquela-palha e em que respiramos mais ódio do que oxigénio, é bom conhecer histórias de amizade e dedicação profunda apesar das evidentes e grandes diferenças entre as pessoas.

 

vitoria-abdul-workshop.jpg

 

Ainda antes de começar o filme, tivemos direito a um momento de rainha com uma tea party deliciosa: scones, compotas, sanduíches e - claro - chá. Foi-nos explicado como é que esta bebida surgiu, a importância que teve para o povo português e como se devem servir os diferentes tipos de chás. Foi um momento muito agradável, sobretudo por ter sido partilhado com pessoas muito amorosas.

 

vitoria-abdul-scones.jpg

vitoria-abdul.jpg

(foto da STW)

 

A Spread The Word e a NOS ofereceram-nos um saco no início do workshop, mas pediram-nos que só o abríssemos após o filme. E fez todo o sentido que assim fosse, já que só  compreendemos o seu verdadeiro significado quando conhecemos esta história de amizade. Se querem compreender porque é que me ofereceram uma manga (a rainha das frutas, como é descrita por Abdul), então vão ter mesmo que ver o filme. Estreia dia 29 de Setembro e vale mesmo a pena.

 

vitoria-abdul-manga.jpg

 

Até lá, peço a vossa ajuda com isto: que receita me aconselham a preparar com esta manga bem madura?

4 comentários

Comentar post