Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rita da Nova

Moules&Beer: uma combinação vencedora

Um pequeno spoiler sobre a escapadinha do fim-de-semana passado à Bélgica: em momento algum experimentei as tradicionais moules. Por isso, não deixa de ser irónico que tenha ido conhecer o restaurante Moules&Beer, em Lisboa, alguns dias depois desta viagem.

 

Já tinha estado há alguns anos no espaço de Cascais, que combina Moules&Gin, mas como não sou a maior fã de mexilhão (e de marisco em geral) acabei por nunca visitar o Moules&Beer em Campo de Ourique. O que é engraçado é que, mesmo não sendo um prato que tenha vontade ou desejo de comer, sempre que experimento estes mexilhões saio de lá muito satisfeita e a achar que se calhar gosto mais de mexilhões do que penso.

 

moules-beer-1.jpg

ler mais )

Planos para Dezembro

Faço-vos um balanço do mês de Novembro a partir de Bruxelas, onde cheguei ontem. Tenho de admiti: já estava a ressacar de viagens, apesar de a última não ter sido assim há tanto tempo. Mas o que é que posso fazer? Preciso de viajar para me manter sã e bem-disposta, por isso aproveitei o fim-de-semana grande para conhecer um bocadinho da Bélgica - Bruxelas, Bruges e Ghent.

 

DEZEMBRO-POST.png

 

Mas já lá vamos. Antes disso é tempo de resumir Novembro, mais um mês que passou tão a correr que mal o vi. Sou só eu que acho que 2017 decidiu pôr o turbo?

Ler mais )

Posso casar com as sobremesas do Ao 26 - Vegan Food Project?

É uma altura muito boa para se ser vegano em Lisboa, esta, com cada vez mais sítios especializados neste tipo de alimentação. O Ao 26 - Vegan Food Project é uma das mais recentes novidades veganas na cidade e, segundo percebi, também já é uma das favoritas.

 

O restaurante ocupou o espaço que durante algum tempo foi a casa do Kook, onde fui há uns anos e lembro-me de ter gostado da experiência. Seja como for, gostei muito daquilo que o Ao 26 fez com o espaço, já que com o novo arranjo me parece menos comprido e mais acolhedor. A decoração, não sendo minimalista, é muito discreta e confortável.

 

ao-26.jpg

Ler mais )

Posso almoçar todos os dias na ZeroZero?

Passado algum tempo da sua abertura, tomei finalmente coragem de experimentar a Pizzeria ZeroZero do Parque das Nações. Digo que foi preciso coragem por dois motivos em especial: primeiro, porque já sabia que ia comer demasiado e ficar cheia para todo o dia (confirma-se). Depois, porque a abertura foi um sucesso e calculei que o restaurante estivesse sempre à pinha.

 

Apesar de só ter ido uma vez ao espaço do Príncipe Real, a ZeroZero tem um lugar especial no meu coração. Foi lá o último almoço de 2015 com o Guilherme - o ano em que nos conhecemos e começámos a namorar. Já sabia o que esperar deste novo restaurante e conseguiu superar as minhas expectativas, sobretudo porque conseguiram criar uma experiência ligeiramente diferente da do espaço original: com pratos diferentes e uma atmosfera própria.

 

zero-zero-cha-frio.jpg

Ler mais )