Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rita da Nova

Supperclub n'A Subcave: dizer adeus ao Verão de forma doce

SUPPERCLUB-POST (1).png

 

Já não me lembro bem como conheci a Joana. Conhecer no sentido mais actual do termo, por isso devia dizer antes “já não me lembro como é que conheci o Instagram da Joana”. Na verdade acho que foi através do Miguel, possivelmente a minha primeira grande fonte de conhecimento no mundo da alimentação e gastronomia.

 

Mas não tenho a certeza e isso pouco importa, porque agora já posso dizer que sei exactamente quando é que conheci a Joana - foi anteontem, no lindíssimo jantar que organizou em sua casa para dizer adeus ao Verão. Foi o segundo Supperclub n'A Subcave, como carinhosamente chama à sua casa. Ninguém diria que mora abaixo do chão, tal é a luz que ilumina todos os detalhes amorosos daquele seu cantinho. Se bem que eu acredito que a própria Joana, com a sua calma e felicidade, consegue modificar o espaço à sua volta.

 

patio-asubcave.jpg

 

Éramos apenas seis e fomos recebidos com a frescura de um Collins Peach & Berries e uma mesa para lá de bonita, posta com muito amor no pátio. Acho que a casa da Joana é um reflexo dela mesma: aos poucos vai-nos mostrando mais espaço e mais pormenores encantadores. A sério, deviam ouví-la a falar dos produtos que deram forma aos pratos que comemos ou dos motivos que a levaram a escolher um vinho e não outro. As pessoas deviam falar mais do que as apaixona e, infelizmente, fazem-no cada vez menos.

 

ementa.jpg

 

Nesta noite, tudo o que veio para a mesa era de origem vegetal, fresco, e de época. Ou melhor, de fim de época, já que a ideia do jantar foi precisamente a de nos despedirmos dos ingredientes que sabem a Verão. Abrimos o apetite e a conversa com uma Tábua de “Quejos” com pão, tostas de chia e um chutney de pêssegos do outro mundo, tudo caseiro.

 

tabua-queijos.jpg

 

Depois tivemos a oportunidade de experimentar o contraste dos figos e do tomate, não só em termos de sabor como de textura e temperatura. Regámos Figos Congelados com uma Sopa de Tomate bem quente e o resultado foi fantástico. E, a seguir, mais uma combinação improvável: chegou à mesa uma salada de funcho e amoras com hummus de pipocas e só vos posso dizer que era maravilhosa.

 

figos-congelados.jpg

sopa-tomate.jpg

  

O último prato salgado - e, possivelmente, o meu favorito - era Beringela com Salsa de Melancia e Croutons de Grão. A Joana mostrou, mais uma vez, ser mestre nas combinações de sabores e texturas, dando-nos a conhecer um novo mundo cheio de possibilidades.

 

beringela.jpg

 

Já sabem que eu não resisto a sobremesas, mas acho que tenho uma nova preferida: um Quinotto com Gelado de Baunilha e Pêssegos com Especiarias. A quinoa estava cozinhada e doce no ponto certo, combinando maravilhosamente com o gelado de baunilha com base de caju, já que nada neste jantar levava açúcares adicionados ou produtos de origem animal.

 

quinotto-sobremesa.jpg

 

Acabámos de jantar, mas estávamos tão embrenhados na conversa que ficámos ali, no pátio da Joana, a desfrutar de umas uvas congeladas cobertas de chocolate e de um chá de hortelã que nos protegeu do frio que começava a fazer-se sentir. Sabem o que é mais engraçado? Apesar do frio e do cansaço típico das sextas à noite, nenhum de nós estava com grande vontade de ir embora. Possivelmente estávamos a tentar fazer àquele momento o que fazemos com o Verão - a tentar prolongá-lo ao máximo, para que não acabasse nunca.

 

Obrigada, Joana, foi a melhor despedida do Verão que podia ter tido.