Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rita da Nova

Luzzo: a pizzaria ideal para indecisos

Sublinho aquilo que já aqui disse muitas vezes: gosto dos almoços a meio da semana com o Guilherme. Sobretudo em alturas em que tenho a cabeça mais cheia de trabalho e ideias a borbulhar, ajuda-me a desligar por segundos e a arrumar os pensamentos. Há pessoas que têm esse efeito em mim e ele é, obviamente, uma delas.

 

luzzo-expo.jpg

 

Tenho a sorte de trabalhar numa zona emergente, onde começam a surgir cada vez mais espaços giros. Os mais atentos já devem ter percebido que trabalho para os lados de Marvila, mas deixem-me que vos diga que o boom de restaurantes novos está a acontecer também cada vez mais na zona do Parque das Nações. Já vos tinha dito que a Pizzaria ZeroZero tinha aberto um segundo restaurante nessa zona, mas parece que não foi a única. A Pizzaria Luzzo, que surgiu há uns anos em Santa Marta, abriu uma nova casa também para estes lados.

 

Como gostamos de variar nos locais onde temos os nossos “dates de almoço” (é assim que lhes chamamos), sugeri a Luzzo. Só fui uma vez à de Santa Marta, mas lembro-me de ter gostado muito da experiência. E esta nova ida só serviu para me mostrar porquê. O espaço é bastante diferente da Luzzo original, e embora não tenha pátio, achei que estava muito bem decorado e que, não sendo grande, estava muito bem aproveitado.

 

Uma das coisas que, na primeira vez, me causou mixed feelings foi a presença de um tablet em cada mesa para que o pedido possa ser feito todo por lá. Lembro-me que não achei muito intuitivo, mas desta vez senti que tornou toda a refeição mais rápida e sem confusões - muito importante quando estamos numa hora de almoço a meio da semana.

 

luzzo-expo-mesa.jpg

 

Pedimos um Couvert que é composto por grissini artesanais e focaccia cozida em forno de lenha, acompanhados por azeite com molho balsâmico, pesto caseiro e compota de cebola e bacon. Lembro-me perfeitamente de ter adorado a focaccia e a ter achado muito diferente e, para minha felicidade, constatei que ainda estava igual. A minha vontade era a de pedir mais e mais, mas depois lá se ia o espaço para as pizzas.

 

luzzo-expo-couvert.jpg

 

Sim, pizzas, no plural. Porque na Luzzo é possível pedir duas pizzas para dividir e estas já vêm separadas nos dois pratos. Isto evita aquela figurinha clássica de tentar passar meia pizza para o prato da frente, que nem equilibristas, fazendo por evitar que se estatele toda na mesa. Como eu gosto de dizer, é uma pizzaria perfeita para pessoas como eu: indecisas, que querem experimentar vinte coisas de uma vez.

 

Optámos por pedir então a Tutti-Trufi, com trufa negra fatiada, perfumada com azeite de trufa - que tinha os sabores todos no ponto e não era nada enjoativa - e a Colucci, com courgette laminada, cebola roxa assada, chicória fresca e queijo ricotta. Escolhemos esta pizza por ser diferente do habitual e não nos arrependemos! A combinação das duas cria uma refeição muito equilibrada, já que a intensidade da Tutti-Truffi combina muito bem com a frescura e leveza da Colucci.

 

luzzo-expo-pizza.jpg

 

Já não houve foi espaço para sobremesa, mas não há problema: tenho a certeza que vou voltar a levar as minhas indecisões a almoçar na Luzzo. Há por aí indecisos quanto ao que pedir num restaurante? Acusem-se nos comentários!

 

Pizzaria Luzzo Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato