Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

As 5 melhores surpresas de 2017

A última semana do ano significa o último post de balanço. Neste mês de Dezembro fui falando um pouco das coisas boas que me aconteceram: os melhores brunches, os melhores momentos, os melhores restaurantes e, agora, trago-vos as 5 melhores surpresas de 2017.

 

Ao contrário do que aconteceu nas outras listas, foi-me complicado pensar nisto - acho que se deve ao facto de não me surpreender com facilidade. Algumas coisas foram mais imediatas do que outras, mas no fim resultaram num excelente resumo do que foi este ano. Como sempre, já sabem: a ordem pela qual apresento as melhores surpresas não quer dizer nada.

 

POST-MELHORESSURPRESAS.png

 

 

1. O Brunch do Mundo e as pessoas que me trouxe

No dia em que enviei o primeiro e-mail para conseguir uma vaga no Brunch do Mundo, eu não fazia ideia de que ia ter tanta sorte. Não só porque consegui efectivamente um lugar, mas sobretudo porque sentar-me a esta mesa serviu de passaporte para conhecer pessoas muito importantes. É praticamente impossível não gostar deles quando os conhecemos (quem já esteve no Brunch do Mundo certamente perceberá o que quero dizer) e, por isso, sinto-me uma sortuda por isto ter resultado numa amizade tão boa. Se não sabem o que é o Brunch do Mundo (como assim?), podem ler mais aqui.

 

melhores-surpresas-brunch-do-mundo.jpg

 

 

2. Mario Vargas Llosa

E as vezes que eu ouvi que tinha mesmo que ler este autor? E as vezes que passei por livros dele e pensei “compro depois, não é urgente”. Caramba, sabia lá eu o que andava a perder. É certo que ainda só li um livro dele - Travessuras da Menina Má -, mas tenho a certeza que vou continuar a ler mais e a adorar. Há muito tempo que não descobria um escritor que fosse tão bom a criar histórias como a comandar a escrita em si. Se quiserem saber em pormenor o que achei do livro, podem ler a book review aqui.

 

melhores-surpresas-vargas-llosa.jpg

 

 

3. A Ana e o João

Acredito muito que há algumas pessoas e algumas coisas que têm mesmo que fazer parte de nós. Chamem-lhe o que quiserem, eu cá gosto de dizer que é a vida a acontecer. Eu e a Ana íamos ouvindo falar uma da outra, ela quase que veio para Turim em Erasmus na mesma altura que eu, íamo-nos desencontrando em encontros da Zomato… até que, finalmente, a coisa se deu e começámos a ver-nos com frequência. Depois disso, lá está - a vida aconteceu. Com a Ana veio o João, que é em muitas coisas tão parecido comigo que era impossível não nos darmos bem. Que venham muitas noites como esta e muitos brunches caseiros, é o que vos digo.

 

melhores-surpresas-ana-joao.jpg

 

 

4. O blog

Poucos sabem, mas já existe desde 2012. Começou como um blog de viagens, para partilhar as aventuras do meu Inter-Rail pelo leste europeu, mas rapidamente foi esmorecendo porque não viajava com a frequência necessária para o alimentar. Em Janeiro deste ano, com a ida a Nova Iorque, voltei a sentir a necessidade de escrever sobre o que sinto, o que vejo e o que como quando viajo. Rapidamente se estendeu aos livros, aos restaurantes, às coisas que me fazem feliz. Tem sido tudo tão natural, tão meu, que só agora que olho para trás é que vejo que esta versão do blog só existe desde Fevereiro deste ano. Parece que está cá desde sempre.

 

melhores-surpresas-blog.jpeg

 

 

5. Os workshops de Escrita Criativa

Começou por ser uma ideia aqui no recanto mais escondido do meu cérebro, mas depois de uma boa dose de coragem inaugurei o meu primeiro workshop de Escrita Criativa. Depois abri mais uma data, e depois outra, e depois outra. Levei-o ao Porto, mas infelizmente não consegui pessoas suficientes para fazer acontecer também no Algarve. Não faz mal, 2018 está aí à porta e haverá novidades: novas datas, novos níveis, novas parcerias. Para já, podem acompanhar o lançamento das datas no Facebook do blog.

 

melhores-surpresas-workshops-escrita-criativa.jpg

 

 

De que formas é que 2017 conseguiu surpreender-vos? Quais diriam que foram as 5 maiores surpresas do vosso ano? Deixem os vossos comentários ali em baixo!

10 comentários

Comentar post