Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rita da Nova

Aviso à navegação: a Rita voltou do inter-rail

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um mês. Um mês de Europa, principalmente de leste. Um mês de comboios, de viagens nocturnas, de mochila às costas. Noites mal dormidas e dias bem passados. É curioso como, mesmo sem estar mais do que um par de dias em cada sítio, nunca me senti tão em casa como durante esta aventura. Se casa é onde está o coração - como muito se prega - então o meu ficou algures numa estação de comboios, no meio da Europa. E eu planeio ir lá visitá-lo de vez em quando.

Indo directamente ao que vos diz respeito: trouxe muito que contar. Os únicos souvenirs que vieram na mala foram as fotografias e os sorrisos (exceptuando os ímanes para alimentar a colecção da minha mãe e a cerveja para matar a sede do meu pai). Prometo falar-vos um bocadinho de cada destino, mas não prometo fazê-lo por ordem. Cada um foi especial à sua maneira e cada um me inspira a escrita de forma diferente.

Não consigo deixar de sentir um conforto especial por saber que consegui planear esta viagem e ir com ela até ao fim. E é um bocadinho desse calor que quero trazer-vos com cada post. Até já!

2 comentários

Comentar post